prontuario-do-paciente

Prontuário do paciente pode ajudar na gestão do seu consultório médico.

O Prontuário do paciente é uma ferramenta bastante utilizada nos consultórios médicos. Sua função, como o próprio nome já diz, é guardar informações que devem estar à mão, prontas a qualquer momento. A ideia do prontuário médico é salvar o histórico médico do paciente em ordem cronológica, refletindo exatamente o curso do tratamento e indicando as possíveis causas da doença.

A resolução CFM 1638/ 2002 define o prontuário do paciente como “documento único constituído de um conjunto de informações, sinais e imagens registradas, geradas a partir de fatos, acontecimentos e situações sobre a saúde do paciente e a assistência a ele prestada, de caráter legal, sigiloso e científico, que possibilita a comunicação entre membros da equipe multiprofissional e a continuidade da assistência prestada ao indivíduo“.

Veja como o prontuário eletrônico auxilia na segurança dos dados da sua clínica.

Mas além de constituir um verdadeiro dossiê, que tanto serve para a análise da evolução da doença, como para fins estatísticos, o prontuário do paciente pode trazer algumas vantagens para a gestão do seu consultório médico.

Diminuição de riscos para seus pacientes.

O prontuário do paciente auxilia na melhoria das recomendações de infecção hospitalar, corrigindo eventuais problemas e indicando a terapia mais adequada para o processo de infecção. Quando o prontuário médico é bem implementado, as informações são disponibilizadas automaticamente na tela do seu software de gestão, indicando pacientes suspeitos de infecção. Assim, o especialista pode interagir com o sistema, fazendo uma auditoria da prescrição e sugerindo ao médico assistente os medicamentos
mais adequados.

Diminuição de custos no seu consultório médico.

A organização de custos é importante para o aumento do faturamento da sua clínica, e o prontuário do paciente possibilita desde a redução do desperdício de medicamentos que seriam prescritos de forma redundante, até a diminuição do uso de materiais de escritório, como papel, impressão e pastas. Dessa forma, a implementação do prontuário do paciente no seu consultório médico reduz significativamente os custos da sua clínica por atendimento, aumentando seu lucro.

Veja como o prontuário do paciente pode ser usado como ferramenta competitiva.

Mais produtividade e trabalho conjunto com o prontuário do paciente.

Como o objetivo final do uso do prontuário eletrônico é a centralização das informações, os profissionais do seu consultório médico perdem menos tempo na busca de informações do paciente. Com o histórico de atendimento e todas as fichas clínicas reunidas em um só lugar, o atendimento passa a ser mais produtivo e a equipe tem mais facilidade em partilhar informações sobre os pacientes.

Redução de glosas.

Glosas são recusas no pagamento das cobranças de consultas efetuadas por convênios de saúde. A maior parte das glosas acontece por erros comuns na fase pré-analítica, no agendamento e atendimento ao paciente. Com o prontuário do paciente, as informações sobre os procedimentos cobertos (ou não) por um determinado plano de saúde são vistas de forma automática e em tempo real. A solicitação para exames, por exemplo, não fica parada na área de autorização e é possível saber todas as regras de coberturas dos convênios/planos e, assim, identificar qualquer possível desvio.

Veja o infográfico sobre faturamentos de convênios e entenda a importância do TISS para sua clínica.

 


 

 

Fonte: PRONTUÁRIO DO PACIENTE “tempo de guarda” Vanderlei Soares Moya


Prontuário eletrônico: Como o PEP auxilia na segurança dos dados da sua clínica.

Com a crescente inserção tecnológica atrelada à saúde, os dados do paciente se tornam, além uma propriedade do próprio paciente, algo a ser assegurado pela clínica que os possui. Além disso, a estrutura necessária para tal, deve ser a cargo da clínica, que tem a responsabilidade de preservar as informações do paciente.

Os processos que antes eram em sua maioria manuais, tendem a ser automatizados. Para que a clínica possa dar a garantia de que esses processos mantenham a integridade do paciente, o PEP, Prontuário Eletrônico do Paciente é uma excelente solução.

Veja 4 dicas de como PEP pode auxiliar a segurança dos dados do seu paciente.

1 – Segurança das Informações.

As informações armazenadas em papel estão se tornando cada vez mais obsoletas. Portanto, o simples ato de utilizar o Prontuário Eletrônico já um passo para assegurar os dados dos pacientes. Ter o histórico clínico dos pacientes armazenados nos backups digitais possibilita a preservação e a integridade dos dados. Caso algo aconteça com os dados físicos, as informações necessárias para o tratamento dos pacientes não será perdida.

2 – Segurança do Paciente.

O PEP é uma ferramenta que trabalha atrelada a inteligência clínica. Assim, ele auxilia na personalização do atendimento ao paciente. Ou seja, ele assegura que os processos e tratamentos a serem executados, garantindo a integridade física do paciente. Tendo os dados integrados em um Prontuário Eletrônico, o processo da consulta médica é otimizado. O médico tem ao alcance de poucos toques, todas as informações necessárias para avançar com os procedimentos e diagnósticos.

3 – Confidencialidade.

Assim como a segurança dos dados, os mesmos são confidenciais, apenas os usuários e os médicos terão acesso ao prontuário do paciente. O PEP possibilita o resguardo das informações divulgadas pelo paciente ao médico.

4 – Manter registros por tempo indeterminado.

O PEP permite que os dados e informações dos pacientes sejam mantidos por um tempo indeterminado. Diferente dos prontuários usuais em papel. Que seja por desgaste ou até mesmo espaço para armazenamento acabam por ter a sua vida útil encurtada. Ao contrário dos registros eletrônicos, que podem ser mantidos por um período indefinido.

Além das 4 características citadas acima, o Prontuário Médico Saúde Vianet permite acessar todos os dados dos seus pacientes de qualquer lugar. Além da agilidade e armazenamento não apenas de dados cadastrais, mas também arquivos de texto, exames e fotos.

Nova call to action


O que é o TISS - e por que ele é indispensável para sua clínica?

Se você trabalha com saúde particular no Brasil, certamente já se questionou sobre o que é o TISS. Independente do significado da sigla, sabemos que o TISS está relacionado aos planos de saúde, e por isso o termo tem ficado cada vez mais popular.

Por causa da insatisfação de boa parte dos usuários do SUS no Brasil, as operadoras de serviços médico-assistenciais tem ganhado mercado, e a inovação do modelo de negócio das clínicas populares tem possibilitado maior acessibilidade à saúde particular. 

Veja no infográfico a seguir o que é o TISS – e por que ele é indispensável para a sua clínica:

o que é o TISS - e por que ele é indispensável para a sua clínica.
o que é o TISS – e por que ele é indispensável para a sua clínica.

Nova call to action


Apps de saúde: Aplicativos que ajudam a monitorar o tratamento dos seus pacientes.

Apps de saúde: Não é atoa que eles são chamados de “pacientes”. Quando alguém entra no sistema de saúde hoje ele já sabe exatamente o que vai encontrar: Inúmeros exames, preços cada vez mais altos e uma espera sem fim. Nenhum método médico deixa de ter importância por conta da insatisfação dos pacientes, pois os procedimentos da saúde são complexos e todo o cuidado é pouco, mas a frustração está deixando os pacientes saturados.

A internet já permite que os pacientes encontrem e agendem consultas onde e quando for melhor para eles, no entanto, mudanças radicais exigem inovação – de provedores para pacientes e de médicos para dados. Essa mudança está acontecendo. Tecnologias como o smartphone permitem que as pessoas monitorem sua própria saúde.

As possibilidades se multiplicam quando você adiciona os ingredientes essenciais em falta – o acesso aos seus próprios registros médicos e a capacidade de compartilhar facilmente informações com aqueles de sua confiança. Isso permite reduzir as ineficiências em seu próprio tratamento e também fornecer dados para ajudar a treinar algoritmos médicos. Assim o paciente pode melhorar seus próprios cuidados e os de todos os outros também.

Os dados médicos podem não parecer o tipo de faísca para desencadear uma revolução. Mas o fluxo de informações provavelmente dará frutos de várias maneiras. Uma delas é um diagnóstico mais completo.

Veja o infográfico a seguir mostrando as inovações tecnológicas dos apps de saúde que permitem os próprios pacientes monitorarem seu tratamento.

Apps de saúde: Aplicativos que ajudam a monitorar o tratamento dos seus pacientes.
Apps de saúde: Aplicativos que ajudam a monitorar o tratamento dos seus pacientes.

Nova call to action


App para clínicas: O que os médicos buscam em um software de gestão?

O uso de aplicativos otimizou e facilitou vários processos nos últimos anos. É inevitável que tal tecnologia chegaria a área médica. Os aplicativos de saúde já são uma realidade e a tecnologia em saúde revoluciona a relação médico-paciente. Mas e quanto aos médicos, o que eles buscam em um app para clínicas?

Veja algumas das funcionalidades que os médicos buscam encontrar em app para clínicas.

Interface simplificada.

Os médicos buscam um aplicativo que além de produtivo, tenha uma interface simplificada, ou seja, simples de usar e com altos níveis de eficiência.

Integração entre agendas.

Os aplicativos de saúde permitem que as clínicas estejam em constante relacionamento com o paciente. Facilitar na hora de marcar e desmarcar horários, cancelar consultas e até mesmo enviar avisos via SMS para confirmação de consultas. Além disso, permite que a clínica mantenha o controle sobre tais ações, bem como fidelizar o cliente através da facilidade permitida pelos aplicativos.

Interoperabilidade – Padronização de documentos e informações.

Os aplicativos em saúde permitem a interoperabilidade, ou seja, a capacidade que os sistemas de informação e aplicativos têm de se comunicar, trocar dados e utilizar informações compartilhadas. Para isso é necessário que as informações dos pacientes sejam padronizadas através de dados cadastrados em prontuários eletrônicos como o Prontuário Eletrônico de Pacientes (PEP). A interoperabilidade otimiza a comunicação e torna as empresas mais eficientes, auxilia também em uma maior autonomia e engajamento dos pacientes.

Automação de mensagens e lembretes.

Os aplicativos em saúde permitem que o envio de mensagens e lembretes aos pacientes. Possibilitando que o paciente confirme ou não o comparecimento na consulta.

Indicadores de desempenho e relatórios financeiros.

Os aplicativos ainda possibilitam um melhor gerenciamento de desempenho e relatórios financeiros. Permite o controle de despesas, fluxo de caixa, relatórios completos e informativos sobre as finanças da clínica.

O aplicativo SaúdeVianet, oferece essas e outras funções a fim de auxiliar na gestão de sua clínica médica. Faça um teste grátis com duração de 15 dias e teste você mesmo as facilidades que a tecnologia atrelada a saúde podem te proporcionar.

Nova call to action


Marketing para clínicas no seu software de gestão

Se você quer entender mais sobre marketing para clínicas, precisa saber que a tecnología é a chave para o negócio. Junto com o avanço da tecnologia, os meios tradicionais de comunicações também mudaram. Os smathphones facilitaram o acesso à informação, e com isso, meios como anúncios em rádio, mala direta e folders já não são mais efetivos.

Veja dicas para gerir equipes e encantar seus pacientes.

Sendo assim, como atrair e aumentar o número de pacientes de sua clínica? A solução, é a adaptação do marketing para clínicas para a era digital. Através de um software de gestão, é possível aprimorar o marketing de saúde, e assim, aumentar o número de pacientes de sua clínica.

Veja como um software de gestão pode ajudar no marketing para clínicas.

1. Fidelização estratégica

Com um aplicativo de saúde, é possível pensar de maneira estratégica a fidelização dos pacientes. Um dos principais focos do marketing de relacionamento é a construção e fidelização dos clientes. Com isso, o aplicativo de saúde permite a interação com o paciente, através da criação de grupos específicos a partir de dados do sistema de gestão. A partir disso, é possível direcionar as estratégias do marketing para clínicas para os públicos específicos, fidelizando assim o paciente.

2. Direcionamento de Mensagens

Com a fidelização estratégica definida, é possível direcionar as mensagens, também de maneira estratégica. Ou seja, uma vez que os grupos de pacientes estão segmentados, o marketing para clínicas pode ser direcionado de maneira assertiva. Dessa forma, o paciente recebe apenas as mensagens que lhe são interessantes. Evitando assim, que o paciente se desinteresse pela clínica ou até mesmo que as mensagens tenham efeito oposto do esperado, como por exemplo acabar por afastar o paciente.

3. Aumento de Agendamentos

O aplicativo de saúde permite a automatização das mensagens, com isso, o paciente vai estar sempre por dentro das informações que são necessárias para prosseguir com o seu tratamento. Assim, ele não irá esquecer de marcar ou agendar uma consulta ou um exame. O que por fim, acaba por otimizar a sua clínica e evitar a evasão de clientes.

4. Estreitar a Comunicação com o Paciente

Como já citado, o marketing de relacionamento prevê a segmentação e fidelização dos clientes, nesse caso, os pacientes da clínica. Além das vantagens citadas nos itens anteriores, o uso de um app de saúde permite estreitar a comunicação com o paciente e se fazer presente em momentos específicos. Isso, atrelado ao envio automático de mensagens possibilita que a clínica se mantenha em contato com o paciente e inclusive, demonstrar o quão importante o paciente é. Seja por uma mensagem de Dia das Mães, ou uma campanha específica.

5. Integração com o Marketing

O app de saúde permite total integração com a área de marketing. Com isso, é possível manter as estratégias integradas ao aplicativo. Assim, você pode enviar mensagens ligadas ao marketing, agenda, prontuário ou até mesmo o financeiro. Com isso, o paciente fica informado de tudo o que acontece na clínica e das possíveis estratégias de marketing digital. Desta forma, o paciente se torna o foco do marketing para clínicas, baseado na construção e manutenção do relacionamento.

O aplicativo SaúdeVianet, oferece essas e outras funções a fim de auxiliar na gestão do marketing para clínicas. Faça um teste grátis com duração de 15 dias e teste você mesmo as facilidades que a tecnologia atrelada a saúde podem te proporcionar.

 


Tecnologia na saúde: Sua clínica está atualizada?

Tecnologia na saúde: Sua clínica está atualizada?

A tecnologia na saúde pode facilitar o dia-a-dia da sua clínica. Não importa quantos pacientes você tenha, na hora de organizar as informações que são geradas na sua clínica você precisa prestar atenção em vários processo, do agendamento à cobrança, do começo ao final da experiência do paciente.

O grande número de recursos para lidar com todas essas informações e os padrões nos quais elas são apresentadas vem evoluindo com o tempo, como a digitalização do prontuário do paciente por exemplo, justamente pela importância de cada um desses tópicos referentes a tecnologia na saúde.

Veja como o prontuário eletrônico pode ser uma poderosa ferramenta competitiva para sua clínica.

 

Quais são as novidades da tecnologia na saúde?

A grande novidade na tecnologia da saúde está na otimização dos processos clínicos por meios digitais. A revolução tecnologia atingiu em cheio a área médica trazendo não apenas recursos eficientes nos tratamento e prevenção de doenças, mas também na forma como o profissional da saúde lida com seus pacientes.

Apesar do uso de guia, impressão de exames e prontuário médico ainda ser prática recorrente, diversas clínicas, hospitais e laboratórios já adotam recursos de tecnologia na saúde que digitalizam esses processos. Contudo, essas soluções precisam de adaptação para que diferentes entidades consigam intercambiar informações.

 

Prontuário eletrônico como diferencial para sua clínica.

A interoperabilidade representa uma promessa de facilitação, trazendo mais eficiência operacional, financeira e de cuidado com o paciente, e nesse cenário de revolução da tecnologia na saúde a clínica que não se adapta às novas tendências da tecnologia fica para trás na preferência dos pacientes e perde espaço para a concorrência.

Para a interoperabilidade sair do discurso e ir para a prática é preciso que as instituições incorporem protocolos e padrões vendor-neutral – aqueles que não possuem ligação com uma marca específica – para que todos os sistemas se conversem automaticamente, sem a necessidade de intervenção humana.

Você sabe se a sua clínica segue todos os protocolos necessário para a viabilização da interoperabilidade? Será que existe algum recurso que facilite os processos da sua clínica que você ainda não lançou mão?

Veja como o Agendamento online pode ser um grande aliado das finanças da sua clínica.

 

Sua clínica está equipada com o melhor da tecnologia na saúde?

Dentre os recursos de inovação da tecnologia na saúde estão:

  • Prontuário eletrônico;
  • TISS: faturamento de convênio;
  • Auto-agendamento online.

Mas além desses recursos existem outras ferramentas que podem te ajudar a integrar os processos da sua clínica de maneira prática.

Pensando em otimizar a integração tecnológica da sua clínica, o SaúdeVianet preparou uma check-list para você acompanhar a atualização dos recursos do seu consultório, do prontuário eletrônico até o faturamento, e identificar quais os padrões de interoperabilidade estão faltando e ainda se colocar à frente de seus concorrentes no que diz respeito à inovação e tecnologia na saúde.

Saiba quais são os benefícios de um software de gestão para sua clínica. 

 

Quer deixar sua clínica atualiza? Acesse agora o nosso check-list de integração tecnológica e veja quais são os recursos da tecnologia na saúde que você pode usar na sua clínica para aprimorar seus atendimentos.

 

Confira o check-list de integração tecnologia para clínicas:

Quero atualizar a minha clínica


Fonte: https://saudebusiness.com/noticias/interoperabilidade-o-desafio-dos-sistemas-de-e-saude/


Agenda do médico gestor: Quais são as prioridades?

Pensando na melhoria da qualidade médico-assistencial e na segurança do paciente, quais devem ser as prioridades na agenda do médico gestor?

O momento da saúde no Brasil passa por grandes desafios. Enquanto o sistema de saúde pública, que tem a pretensão de atender a todos os brasileiros, sem distinção, enfrenta falhas em seus principais programas, na saúde privada, segundo dados da ANS vemos um significativo crescimento de beneficiários de plano de saúde. Para oferecer serviços de saúde de qualidade é necessário que as instituições invistam em três frentes fundamentais: uma rede integrada de atendimento familiar e comunitário, gestão rígida de contratos e bases de dados informatizadas. Mas como implementar essas pautas na agenda do médico gestor?

No sistema público de saúde, esses fatores dependem do investimento político, financeiro e social para funcionar. Já nas instituições privadas, é papel dos gestores colocar em pauta as discussões pertinentes às mudanças no setor.

Nesse cenário, os temas centrais das atuais discussões da área da saúde são:

 

  • O acesso a serviços qualificados,
  • O financiamento do sistema público,
  • A gestão clínica.

 

Por mais importantes que sejam esses temas, é preciso colocar na agenda assuntos que fazem parte da pauta mundial de melhoria da qualidade médico-assistencial e na segurança do paciente.

A crise do setor tem mobilizando as lideranças do segmento da saúde para a construção de uma estratégia focada na resolução desses pontos. Pensando nisso, nós elencamos algumas pautas relevantes para os gestores que querem dar prioridade à experiência de seus pacientes em sua agenda e à melhoria dos processos do setor. São elas:

 

  • Práticas diferenciadas para que as instituições trabalhem na análise  e resolução de eventos adversos graves, como queda de pacientes e erros de medicação.

 

  • Fortalecimento do processo de acreditação. Por se tratar de uma decisão estratégica com repercussão na sustentabilidade institucional, é importante seguir certos padrões de qualidade.

 

  • Estratégias de envolvimento e qualificação da equipe médica e assistencial nas ações de promoção de segurança do paciente, como por exemplo a lavagem de mãos e a realização de time-out no processo de cirurgia segura.

 

  • Criação e divulgação de indicadores de desfecho para as principais patologias, permitindo a sociedade que compare os principais resultados das organizações hospitalares.

Esses temas fazem parte das pautas principais que devem ser seguidas na agenda do médico gestor e organizações que entendem sua contribuição para o sistema da saúde como um todo.

O gestor, tanto na área administrativa quanto na área assistencial deve ser avaliado através de indicadores de sustentabilidade e também pelos resultados de processos de qualidade e segurança dos pacientes.

É preciso se engajar no movimento mundial por uma saúde com mais qualidade e por processos mais seguros para os pacientes. É importante refletir se está sendo dedicado o tempo necessário em sua agenda para essa nova pauta estratégica.

Nos próximos anos a qualidade e segurança dos pacientes será o principal diferencial estratégico de nossas clínicas e a condição primordial para a sustentabilidade para o modelo de negócio.

Qualidade assistencial e segurança do paciente não é um tema somente do médico e da equipe assistencial.

O gestor administrativo, financeiro e comercial deve aprofundar seus conhecimentos nesses temas. Ele é necessário e será um diferencial dos hospitais em um novo ambiente, com mais competição.

Confira os benefícios da agenda para clínica do Saúde Vianet.

O Software médico Saúde Vianet conta com o recurso de agenda online flexível, que permite que o gestor administre melhor seu tempo entre os atendimentos e a gestão da sua clínica.

Com esse recurso, o médico gestor pode organizar suas atividades para dar mais atenção às pautas de segurança do paciente e qualidade dos processos. Com boa parte dos processos automatizados, fica fácil dar conta de tudo o que é preciso para uma gestão de excelência.

Melhor Software Médico Saúde Vianet

“Recomendamos o Saúde Vianet pela primazia na qualidade e oferecimento de recursos no sistema que realmente fazem a diferença para os profissionais e gestores de saúde.”

Josenita Nascimento, Dentista e Empresária Grupo NOC – Consultoria para dentistas.

 

Quer gerir melhor suas prioridades como médico gestor? Cadastre-se no Saúde Vianet e teste grátis o software médico que traz resultados. 

E na sua clínica, quais são as prioridades na agenda do médico gestor?


6 dicas infalíveis para gerenciar a agenda de pacientes

Ter uma estratégia bem definida para gerenciar a agenda de pacientes resulta em um consultório médico mais produtivo e com maior retorno de satisfação pelo bom atendimento.

Mas, como gerenciar a agenda de pacientes e tornar a organização mais fácil, trazendo melhorias para o desempenho de sua clínica?

Caso você ainda não saiba por onde começar, confira essas seis dicas infalíveis para gerenciar a agenda de pacientes!

Como gerenciar a agenda de pacientes de forma organizada?

Para que a sua clínica se torne uma referência em atendimento aos pacientes, é preciso colocar algumas ações em prática. Veja as principais:

#1 Estime um tempo aproximado de atendimento

Sabemos bem que cada consulta é diferente e definir um tempo exato para cada uma é inviável. No entanto, é possível estipular a duração aproximada de cada atendimento.

Por exemplo, se cada consulta leva cerca de 30 minutos, você pode definir um intervalo de 15 minutos entre elas. Dessa forma, você terá um tempo extra caso haja algum imprevisto ou um atendimento leve mais tempo que o estipulado, sem prejudicar o horário do próximo paciente.

#2 Confirme consultas com antecedência

Pacientes faltantes podem prejudicar o andamento das consultas. Por isso, procure sempre confirmá-las com um ou dois dias de antecedência, por meio de lembretes via WhatsApp ou por ligação telefônica.

Esta ação ajuda a diminuir as faltas por esquecimento e a organizar outros pacientes que podem vir a ser atendidos para preencher a lacuna dos ausentes.

#3 Unifique compromissos

Um grande erro que pode ocorrer em clínicas médicas é cada profissional cuidar da sua própria agenda, sem ter noção do andamento dos compromissos de seus colegas.

Com o passar do tempo, essa atitude pode fazer com que haja uma perda de controle, sobrecarga de profissionais e subutilização de outros, gerando a perda de controle e dificuldades em gerenciar a agenda de pacientes.

Para evitar esta situação, é preciso que todas as agendas sejam unificadas, possibilitando um melhor controle e distribuição das consultas.

Se sua clínica tem diversas agendas, a sua equipe de recepção pode gerenciar melhor os compromissos com sistemas que permitam uma visão simultânea das diversas agendas.

#4 Utilize um software de gestão de clínicas e consultórios

Deixe de lado os apontamentos, as agendas e as fichas em papel. Na era digital, esse tipo de controle está cada vez mais obsoleto e, futuramente, isso não deverá mais fazer parte de empresas de saúde.

Como a tecnologia está modificando todos os processos, apostar nela é fundamental para tornar o dia a dia de sua clínica mais eficaz.

Existem ferramentas de gestão e agendamento de consultas digitais que são bastante práticas. Com elas, é possível marcar e desmarcar consultas, fazer anotações, enviar notificações, personalizar datas de acordo com a disponibilidade do médico, entre outras funções. Tudo é feito de forma rápida e integrada entre profissionais de toda a clínica.

Esses softwares possuem um custo relativamente acessível. Há versões online — que não exigem a instalação de nenhum programa — e versões mobile — que geram mais autonomia para a marcação de consultas de onde o paciente estiver.

#5 Promova treinamentos com os funcionários

Não importa qual o método que você escolheu para gerenciar a sua agenda. Seja com aplicativos, agendas digitais ou softwares de gestão, sua equipe vai precisar estar sempre bem instruída sobre como utilizar essas ferramentas. Assim, será possível lidar com imprevistos eficientemente e gerenciar o seu tempo da melhor forma possível.

#6 Invista em uma agência de marketing médico

Ter uma agência de marketing médico cuidando da sua imagem perante o seu público é mais assertivo do que fazer isso sozinho ou com a colaboração de quem detém pouco conhecimento sobre o assunto. Além de elevar o seu marketing a um nível profissional, permite que você e sua equipe se dediquem aos seus pacientes.

Só tenha cuidado ao realizar a contratação da sua agência para que isso não se torne um problema, ao invés de uma solução. Tenha certeza de que ela conhece o que é preciso para fazer um marketing ético e eficaz, e que atenda aos seus critérios.

Agora, mãos à obra!

Como você viu, é preciso facilitar os processos de sua clínica e do atendimento aos pacientes. Graças à tecnologia, gerenciar a agenda de pacientes já não é mais um problema hoje e investir em soluções modernas representa um ganho para seu consultório.

Sobre o autor

Bruna Rezende, é economista, especializada em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), e mestranda em Administração em Gestão na Saúde pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Empresária com mais de 10 anos de experiência em marketing, fundadora e CEO da E-saúde, agência de marketing especializada na área da saúde, que possui vasta experiência com o segmento.


Ideias para gerir equipe

9 ideias para gerir equipe e encantar seus pacientes

Investir em ideias para gerir equipe resulta em um maior encantamento dos pacientes, aumentando o fluxo de consultas e, consequentemente, em um maior retorno financeiro.

Com este foco em mente, todas  as empresas de saúde precisam realizar uma gestão eficiente da sua equipe para conseguir alcançar excelência operacional e proporcionar mais motivação aos seus colaboradores.

Nesse contexto, é fundamental implementar ações, orientadas por estratégias de gestão, que aumentem e qualifiquem a produtividade e ofereçam um ambiente mais dinâmico e receptivo, tanto para colaboradores quanto para pacientes.

Explore 9 ideias para gerir equipe e encantar seus pacientes

Uma gestão de equipe qualificada requer do seu gestor uma busca incessante de pontos de diferenciação em relação aos seus concorrentes.

Muitos estabelecimentos pecam ao buscar esta diferenciação nas soluções mais óbvias (que, na realidade, são pré-requisitos de qualquer estabelecimento que se preze!), como investimentos em melhorias das instalações, em equipamentos mais modernos, ou qualificação da equipe de atendimento.

Essa linha de raciocínio é importante, também. Mas o gestor precisa ir além dela, proporcionando aos pacientes um encantamento que ultrapasse toda essa estrutura e que os leve a perceber maior credibilidade e, consequentemente, gere mais fidelização ao estabelecimento.

Confira, abaixo, 9 ideias fundamentais para gerir equipes e encantar pacientes, seja qual for a sua área de atuação em saúde, seja qual for o tamanho do seu empreendimento:

#1 Forme um time qualificado

Para conseguir comandar de forma mais eficiente a sua equipe, o gestor deve investir pesado no processo de recrutamento e garantir que os funcionários atendam aos requisitos exigidos, e estejam de acordo com a cultura organizacional.
Além disso, para formar uma boa equipe, o gestor deve alinhar profissionais com características e habilidades distintas, porém, complementares. Isso permite a formação de uma equipe mais forte e capaz de suprir as necessidades da empresa.

#2 Aprimore a comunicação entre os funcionários

A boa comunicação é primordial em qualquer área da saúde. Estabelecer uma forma simples e eficaz de comunicação entre o gestor e a equipe, e entre os membros da equipe entre si, traz grandes benefícios em relação à otimização do tempo e de recursos financeiros.

Por isso, escolha o melhor meio de comunicação possível para utilizar com toda a sua equipe. Teste as atuais opções disponíveis, como os aplicativos de mensagens instantâneas, e escolha a que melhor supre as necessidades do estabelecimento.

CRM para clínicas - Saúde Vianet

#3 Elabore uma cultura organizacional

A cultura organizacional caracteriza-se pelo conjunto das normas que norteiam a ação dos colaboradores dentro do ambiente de trabalho. O gestor deve investir no fortalecimento dessa cultura e garantir que a sua equipe esteja alinhada com a missão, visão e valores, a fim de incentivar o crescimento da organização.

#4 Estabeleça metas

Arquitetar metas ajuda na mensuração do desempenho de cada componente da equipe e permite que o gestor identifique qual é o setor da empresa que necessita de mais investimento e/ou mais atenção, em um determinado momento.

Estabelecer objetivos também induz uma maior motivação na equipe, que passa a entender melhor a sua função dentro da organização e qual sua importância para o desenvolvimento da empresa.

#5 Mantenha a equipe unida

O gestor deve proporcionar a união da equipe para conseguir manter um clima organizacional harmonioso. Quando a empresa investe no bom relacionamento entre os seus colaboradores, ela consegue retê-los e mantê-los motivados.

Essa integração pode ser feita de várias maneiras e o gestor deve se adaptar ao perfil dos colaboradores para conseguir encontrar o método mais eficiente para unir a equipeMapeie os processos internos

#6 Mapeie os processos internos

Todos os estabelecimentos de saúde têm seus processos internos que os fazem funcionar diariamente, desde o atendimento ao paciente na recepção até o arquivamento do seu prontuário.

Para aumentar a produtividade, é importante que o gestor mapeie todos os processos, verificando quanto tempo cada um leva para ser realizado e quais profissionais estão envolvidos.

Com esse mapeamento em mãos, é possível reconhecer falhas e implementar medidas para corrigi-las, otimizando as atividades. Além disso, o gestor também poderá descartar processos que não dão resultados e/ou ocupam muito tempo da equipe sem um retorno efetivo.

#7 Invista em tecnologia

Toda empresa de saúde precisa investir em tecnologia para proporcionar um melhor atendimento aos seus pacientes e fornecer mais recursos para a sua equipe aumentar a produtividade.

Os meios tecnológicos permitem que cada colaborador realize o seu trabalho com mais qualidade e de maneira menos desgastante, fazendo, também, com que a sua satisfação e motivação com a empresa aumentem. É importante procurar as tecnologias utilizadas pelas líderes de mercado para poder entrar em um nível qualificado de competição e, de quebra, valorizar a sua marca.

#8 Invista em um sistema de gestão eletrônica

Dispor apenas de um telefone para agendar ou confirmar consultas dos pacientes é, atualmente, uma característica exclusiva dos estabelecimentos de saúde que não procuram (e não querem!) se modernizar.

É claro que o agendamento de consultas pelo telefone é importante, mas esse processo, comprovadamente, consome bastante tempo da equipe.

É significativamente mais produtivo para o estabelecimento como um todo quando o foco do contato telefônico é substituído de forma equilibrada pelo investimento em softwares eletrônicos.

Eles podem, inclusive, além de lembrar o paciente das suas consultas, mandar mensagens em datas especiais, promovendo a fidelização dos pacientes.

Com isso, a telefonia passa a ser um apoio à automação do relacionamento, economizando tempo da equipe e dando mais qualidade ao atendimento do paciente.

Lembra do ponto de diferenciação? Pois os sistemas eletrônicos de gestão ajudam as clínicas a se diferenciar ao manter um contato personalizado com seus pacientes, além de disponibilizarem opções para a automatização de outros processos necessários para o bom funcionamento da equipe e da empresa.

#9 Comunique-se com os seus pacientes

A internet já faz parte dos hábitos de consumo e decisão das pessoas. Por isso, hoje, muitas das estratégias de marketing estão diretamente relacionadas a ela. As que tem ganhado maior destaque são as relacionadas ao inbound marketing.

Isso quer dizer que, se antes as pessoas eram vistas apenas como receptoras de mídia, agora são quem determinam o que querem consumir, quando e como. Para aproveitar essa oportunidade é que as estratégias de inbound marketing precisam ser bem traçadas, com o objetivo de informar e criar relacionamento com o público.

O inbound marketing tem muito o que agregar para fazer o serviço médico prosperar. Só que essa certeza só surge com o conhecimento. E você pode obter esse conhecimento neste e-book! Nele, você irá conhecer as estratégias de inbound marketing e como ele trabalha a seu favor, entender como funcionam e compreender seus objetivos.

 

Como você pôde ler, incorporar a tecnologia nos processos internos é indispensável para se gerir equipe e aumentar a produtividade na clínica. A informatização e automatização dessas atividades garante maior agilidade e melhor desempenho das tarefas diárias do estabelecimento.

CRM para clínicas - Saúde Vianet


SOBRE A AUTORA

Bruna Rezende, é economista formada, com especialização em Administração pela Fundação Getúlio Vargas, e Mestranda em Administração em gestão na saúde pela Universidade do Estado de Santa Catarina. Empresária com mais de 10 anos de experiência em marketing, fundadora e CEO da E-saúde, agência de marketing especializada na saúde, com vasta experiência com o segmento de saúde e de ações de marketing no setor.


POSTS RELACIONADOS