Marketing em saúde e as redes sociais

Marketing em saúde: Cinco formas de manter presença nas redes sociais

O uso de redes sociais se tornou onipresente na vida contemporânea, de modo que a cada dia borram-se mais os limites entre a “vida real” e o “mundo real”. Além de ser um ambiente de convivência, consumo de informação e entretenimento, a internet tornou-se espaço de marketing por excelência – levando até mesmo ao surgimento de uma nova profissão, os influenciadores digitais – tendo nas redes sua expressão mais dinâmica e próxima do seu público-alvo. 

Diferente do site, que funciona como um cartão de visitas mais estático de um empreendimento, nas redes sociais a interação é feita diretamente e muitas vezes em tempo real com seu público. Baseados em dados dos usuários, os algoritmos de cada plataforma especializam-se cada vez mais nas preferências individuais e podem ampliar o alcance da mensagem, de forma que ela chegue a uma quantidade e variedade cada vez maior de pessoas. 

Ter presença efetiva nas redes sociais, porém, vai muito além de ter um perfil e publicar com certa periodicidade. Conheça cinco dicas para construir presença real nas redes e explorar o potencial dessas ferramentas no marketing em saúde.

Identidade

Em meio a milhões de perfis do mesmo nicho, é preciso estabelecer sua marca pessoal para atrair e, principalmente, manter uma audiência em um perfil de qualquer rede social. Tanto no caso de um perfil profissional de pessoa física, quanto na página de uma clínica, é importante delimitar o foco principal, que vai nortear o conteúdo. Trata-se de uma maternidade voltada para parto humanizado? Um perfil de um dentista especializado em reabilitação oral? Um consultório de nutrição voltado à performance esportiva? Deixe sua mensagem e valores explícitos, o que irá promover conexão e, consequentemente, engajamento. 

Retroalimentação

Para construir presença no ambiente virtual de forma sólida, não é necessário somente obter engajamento do público, que se expressa na forma de visitas ao perfil, curtidas – os icônicos likes – comentários, conteúdo salvo ou compartilhamentos. Responder às interações é importante para criar e manter vínculos, com nível de formalidade compatível com a imagem que o profissional deseja construir na rede social, mas sempre de forma respeitosa e compatível com as especificidades do marketing em saúde. Mensurar as interações também auxilia no entendimento de quais conteúdos e formatos geram maior participação e reações positivas do público, o que orienta o caminho que devem seguir as futuras publicações.

Autoridade

Construir autoridade sobre determinado assunto pode ser realizado em qualquer área profissional, porém a área da saúde oferece uma vantagem por envolver temas que exigem respaldo técnico para serem abordados. Neste sentido, usar seu espaço para trazer informações ou discussões relevantes dentro de sua área de atuação pode ser uma boa forma de se posicionar e até mesmo atrair pacientes. Use linguagem clara, acessível e sem jargões técnicos para plena compreensão da mensagem. Teor ou tom sensacionalista, além de não ser permitido, destroem a credibilidade, bem como disseminação de fatos inverídicos (“fake news”).

Pessoalidade

Explore as possibilidades multimídia das redes sociais: conteúdos educativos e debates podem ser transmitidos em diversos formatos. Vídeos estão em alta, e podem ter a presença direta do profissional (ou de algum dos profissionais que trabalhem em uma clínica), reforçando a identidade, tornando a publicação menos “fria” e criando laços com o público. Atenção ao visual: vestimentas, ambiente, iluminação e gestual também fazem parte da mensagem que é passada. O uso de um tom mais natural e próximo da personalidade do profissional pode gerar maior aproximação, mas cabe atenção ao nível de exposição de aspectos pessoais.

Frequência

A frequência com que conteúdos de sua página aparecem para a audiência também impacta no nível de engajamento e no quanto o perfil será lembrado por seus seguidores. Considere que o tempo virtual é mais rápido e que publicações muito espaçadas podem inclusive ser entregues com menor alcance em algumas plataformas. Estabeleça, no entanto, um equilíbrio entre o ritmo exigido pelos algoritmos e suas obrigações profissionais – caso necessário, a terceirização da gestão de redes sociais pode ser a solução adequada para seu empreendimento.

Conheça mais do Saúde Vianet.

Baixe agora nosso aplicativo (Disponível para Android e IOS).

 

Saiba Mais:

Marketing de Relacionamento para clínicas 

LGPD: 7 passos para garantir Segurança de Dados dos pacientes

Saiba quais são os benefícios de utilizar um software de gestão médica

Como fidelizar pacientes: 6 estratégias simples e importantes para o seu negócio


Principais estratégias de Marketing médico que geram resultados

Você utiliza o Marketing Médico bem?

As clínicas de saúde e consultórios precisam fazer o marketing médico para se destacar nas mídias online. Para isso, no entanto, é preciso seguir as diretrizes que estão dispostas pelo Conselho Federal de Medicina, seguindo as resoluções 1.974/2011 e 2.126/2015.

O objetivo principal referente à propaganda médica está na regulação de peças publicitárias e anúncios que divulgam as clínicas e os profissionais que atuam na área da Medicina, mas sem trazer uma conotação propagandista, de evidência do profissional, ou que transmita promessas inadequadas.

Além do Conselho Federal de Medicina, as peças publicitárias podem ser encaminhadas para a CODAME (Comissão de Divulgação de Assuntos Médicos), para avaliação, aprovação ou reprovação em caso de denúncias.

Da mesma maneira que em outras áreas profissionais, o setor da Medicina, e principalmente aqueles que atuam na área, precisam divulgar os trabalhos para atrair clientes, ou neste caso, pacientes, visando a saúde e informação, mais especificamente.

Com a possibilidade de uso de diversas ferramentas e meios de divulgação, tanto em mídias tradicionais quanto nas eletrônicas, é preciso seguir uma legislação vigente, com normas que devem ser seguidas à risca para a seguridade de todos e qualidade das campanhas, que podem se tornar mais efetivas nos canais digitais.

Legislação visa manutenção da ética profissional

Em qualquer segmento profissional, a ética deve ser levada em consideração de todas as formas.

Profissionais que atuam na área da medicina tratam com vidas e da integridade da saúde como um todo, dessa forma, a ética é o grau máximo de respeito para com toda e qualquer pessoa.

Sendo assim, a publicidade que divulga os serviços propostos pela área da saúde deve seguir os mesmos princípios.

Por isso a legislação proposta pelo CFM e CODEMA devem ser encarados como uma forma de garantir a idoneidade e caráter sob todos os aspectos.

Deste modo, as informações presentes nos materiais de propaganda devem conter informações verídicas, com base em estudos científicos e de acordo com as normativas apresentadas na legislação vigente. 

A ideia principal é poder fomentar os receptores com informações condizentes com a área médica, zelando pela ética de profissionais e de todos aqueles que dependem dela para viver melhor e com mais qualidade de vida, que são os pacientes.

Ferramentas interessantes com uso da tecnologia

A evolução da publicidade segue a disposição de ferramentas que permitem a divulgação de marcas, produtos e serviços de maneira interessante e que atinja o respectivo público-alvo.

No caso do marketing médico não é diferente, desde que a legislação proposta pelo CFM seja seguida de maneira íntegra. 

Dessa forma, compreendendo que a propaganda pode utilizar desde as mídias tradicionais até os novos meios de comunicação, como jornais, revistas e intervalos de programas de rádio e TV, bem como as redes sociais, visto que o marketing digital passou a integrar o dia a dia da população.

Com isso as empresas que estão relacionadas, de alguma maneira, com a prestação de serviços médicos ou distribuição de produtos farmacológicos passaram a utilizar as ferramentas digitais e todos os equipamentos eletrônicos modernos que estão à disposição das pessoas, bem como precisam se inserir nesse meio.

Conforme o algoritmo funciona em cada plataforma digital, é possível receber propagandas por meio de diferentes ferramentas, entre as quais:

  • E-mail marketing;
  • Redes sociais;
  • Sites e blogs;
  • Vídeos institucionais.

De todas as formas, é importante conhecer algumas ferramentas que podem ser exploradas quando se trata de marketing médico, e todas as nuances que envolvem esse setor.

  • Imagens devem ser divulgadas com cuidado

A propaganda de uma clínica médica, assim como toda campanha de divulgação que envolve publicidade, precisa trabalhar, em algum momento, com imagens de apelo universal. Contudo, é preciso tomar cuidado quando se trata desse segmento. 

As imagens de pacientes não podem ser publicadas de maneira aleatória, sem o consentimento, ou de modo a prometer um antes e depois para outros, indo contra a legislação vigente. 

Inclusive, as próprias plataformas digitais utilizam termos e normas que regulamentam esse tipo de propaganda, como o Instagram Ads, por exemplo. 

Dessa forma, é preciso ter o bom senso e, em todos os casos, quando vale a pena a publicação de um procedimento médico, a concessão do uso de imagem por parte do paciente e a adequação para as demais diretrizes.

As imagens podem gerar comoção ou reconhecimento por parte dos espectadores, e isso é muito bom para quem quer divulgar o trabalho junto ao público-alvo. 

Além de evitar o uso de imagens de pacientes, a não ser com o consentimento, há outros dois assuntos que não podem ser utilizados como forma de propaganda. 

O primeiro é oferecer qualquer tipo de cura milagrosa. O segundo é não fazer consulta online, dependendo da ocasião em que o paciente se encontra, mas principalmente quando se trata do primeiro contato com a clínica.

Em se tratando de uma rede social em que a imagem é o principal veículo de divulgação, é preciso utilizar a criatividade para que fotos, desenhos e outros tipos de imagens possam chamar a atenção dos seguidores.

  • Esclareça dúvidas e proporcione interação

É importante saber como funciona o Facebook Ads antes de colocar uma propaganda na rede social que reúne o maior número de usuários. 

Essa plataforma digital está à disposição dos mais diversos usuários, e muitos tendem a buscar uma “consulta grátis”, o que é proibido.

Entretanto, os profissionais e as clínicas que representa podem apresentar estudos de comprovação científica, reconhecidos pelo meio acadêmico. Dessa forma, cria-se uma comunidade em que é possível debater sobre diversos assuntos.

Assim, quando alguém precisa de um especialista em uma área específica da medicina, é possível que os profissionais que responderam sobre as dúvidas sejam os primeiros a serem procurados, já que demonstram atenção e ganham a confiança. 

Para que isso se torne uma propaganda médica, vale lembrar que as pessoas, mesmo que de forma inconsciente ou involuntária, armazenam informações e, quando necessário, rememoram os dados e buscam aqueles que ajudaram em um primeiro momento.

  • Tenha um site responsivo e atualizado

A disposição de um site completo, com informações pertinentes às especialidades médicas que são atendidas em uma clínica, além de informações sobre os profissionais e a experiência profissional faz toda a diferença para quem navega pela internet.

Ao encontrar um site responsivo, ou seja, dinâmico e que atenda às necessidades de um paciente que procura informações sobre uma doença, aumenta a chance de se destacar nos sites de busca. 

Por isso é preciso entender como anunciar no Google Ads faz parte da estratégia de marketing médico, já que o algoritmo dessa ferramenta de busca utiliza diversos dados para apontar como um site que pode ser visitado a partir das primeiras páginas de resultados.

Vale a pena investir em mídia tradicional 

Toda e qualquer forma de divulgação, desde que seja positiva e não entre em desacordo com a legislação proposta pela CFM e CODEMA, é válida e deve ser colocada em prática.

Assim, seguindo um planejamento estratégico de publicidade para qualquer profissional, clínica médica ou hospital, é possível posicionar o empreendimento no mercado e no imaginário do público.

Os materiais gráficos produzidos como estratégia de divulgação devem conter dados especificados pela Resolução CFM 1974/2011, que são:

  • Nome completo de médico responsável;
  • Número de CRM (Conselho Regional de Medicina);
  • Especialidades registradas;
  • Endereço e telefone.

Assim, as ações publicitárias podem ocorrer dentro da legislação. Pense que a distribuição de folhetos em um congresso médico está dentro dos padrões aceitos, buscando ser mais informativo que publicitário. Da mesma forma que ocorre com um cartão de visita em um evento social. 

Proibições que podem afetar uma propaganda

A publicidade deve ser empregada de maneira que não afete as resoluções e toda a legislação, o que leva a conhecer alguns atos que podem ferir a ética médica e as leis em vigor.

Por isso é importante destacar algumas proibições que tratam especificamente do marketing médico. São elas:

  • Divulgação de tratamento sem especialidade

Nenhum profissional da área médica pode atuar sem ser especialista ou passar por um curso e apresentar toda a documentação necessária. 

Divulgar que está apto a tratar pacientes com determinadas doenças pode causar até mesmo a cassação do CRM.

  • Utilizar equipamentos como tratamento exclusivo

Conforme a tecnologia avança, muitas clínicas especializadas fazem o investimento para a compra de equipamentos para melhor atender os pacientes. 

Ainda assim, não se pode fazer propaganda se “vangloriando” como única detentora de alguma tecnologia ou aparelho.

  • Concessão de entrevista para promoção individual

Profissionais da área médica não podem se auto-promover, concedendo entrevistas de caráter promocional, abordando suas especialidades para benefício próprio. 

Toda e qualquer entrevista deve ter objetivo educativo, evitando em qualquer situação de sensacionalismo, ou se autointitulando “o melhor”. 

  • Circulação de material sem identificação

Todo material deve incluir as informações pertinentes aos dados credenciados junto ao CRM, conforme especificado anteriormente. 

Caso não tenha, todo material poderá ser recolhido ou, em caso de mídia eletrônica, ser removido até a devida correção.

Conclusão

A propaganda da área médica pode ser empregada em diferentes situações, e são muito importantes para os consultórios e clínicas espalhadas por todo o território nacional. Contudo, é preciso manter as ações dentro das regras propostas pelo CFM. 

Seguindo as diretrizes presentes na legislação vigente, é possível manter uma comunicação clara e objetiva junto aos pacientes, assim como a própria população que busca alternativas para um tratamento, trazendo mais informações sobre os cuidados com a saúde e, em consequência, podendo atrair novos clientes.

 

Conheça mais do Saúde Vianet.

Baixe agora nosso aplicativo (Disponível para Android e IOS).

Saiba Mais:

Atendimento ao paciente: veja como pode melhorar

Marketing de Relacionamento para clínicas 

Saiba quais são os benefícios de utilizar um software de gestão médica

Como fidelizar pacientes: 6 estratégias simples e importantes para o seu negócio

Pode ou não pode? O que é permitido no marketing em saúde.

 

 


Atendimento ao paciente: veja como pode melhorar

4 dicas importantes para melhorar o atendimento ao paciente.

Uma das principais preocupações para a gestão de um empreendimento é poder oferecer um bom atendimento ao seu público. Isso não é diferente para uma clínica ou consultório médico, pois um excelente atendimento ao cliente transforma o processo de compra do serviço mais especial e isso gera condições para que o seu público possa se sentir mais satisfeito e, com isso, o retorno seja a fidelização. 

Para que essa fidelização aconteça é preciso investir na qualidade de atendimento ao cliente. Vale destacar, que o público está mais exigente e estudos recentes indicam que uma única pessoa insatisfeita pode influenciar outras 20, que poderiam se tornar clientes. Por isso, é tão importante demandar tempo para conhecer ferramentas e formas que podem melhorar o seu atendimento.

Por ajudar nesse processo, separamos algumas dicas que podem ajudar no melhoramento do atendimento em seu empreendimento, que vai desde a recepção ao momento de consulta e pós-consulta, para que possa ter melhores retorno. Confira a seguir algumas dicas:

  • Estude e conheça os seus serviços e produtos

Como primeira dica, chamamos atenção para que você tenha consciência de que não há atendimento de qualidade se o gestor e sua equipe não conhecerem sobre o seu produto antes e melhor do que qualquer cliente. Por isso, a dica número um e mais importante do atendimento ao cliente é investir em treinamento e capacitação técnica da sua equipe.

Esses treinamentos devem ocorrer de forma constante, pois é necessário considerar que a rotatividade das equipes, como mudança de funcionários sempre acontecem, inclusive os terceirizados.

Vale destacar, que é importante investir em informações sobre o mercado e sobre o segmento em que o seu negócio está inserido. 

  • É importante conhecer seu público

Outro fator importante para quem gere uma clínica ou consultório médico é saber que é necessário conhecer seu público, como por exemplo quais são os hábitos do seu consumidor? Como ele costuma interagir? O que mais chama a sua atenção? Sabendo disso, uma equipe de atendimento ao cliente pró-ativa, preparada, tem a possibilidade de conhecer e se comunicar bem com o seu consumidor, seja qual for a plataforma utilizada (chat, telefone ou e-mail).

  • Seja assertivo na linguagem usada com seu público

Outro ponto relevante nesse processo de oferecer um melhor atendimento, é se preocupar em adequar a fala e a escrita de sua equipe para o perfil do seu público, pois dessa maneira a proximidade do seu empreendimento com o consumidor pode ser uma das  muitas ferramentas usadas para fidelizar o público. 

É importante considerar que existem outras formas de transmitir uma informação para o público, para isso você deve encontrar os melhores meios para se fazer isso. A linguagem com gírias, palavrões e expressões populares, claro, devem ser evitadas. No entanto, é necessário focar apenas em uma linguagem formal. Lembre-se que sempre há maneiras de se comunicar simples e gramaticalmente corretas.

  • Foque em resolução de problemas

Como última dica e uma das mais importantes, é que seu atendimento precisa ser efetivo. Isso quer dizer que quando o seu cliente entrar em contato com a empresa para resolver um problema, o que ele espera é que o seu problema seja resolvido de forma imediata para evitar dores de cabeça. Por este motivo, é preciso se comprometer na resolução do problema e com a satisfação do cliente.

 

Conheça mais do Saúde Vianet.

Baixe agora nosso aplicativo (Disponível para Android e IOS).

 

Saiba mais:

Saiba quais são os benefícios de utilizar um software de gestão médica.

Como fidelizar pacientes: 6 estratégias simples e importantes para o seu negócio.

Conheça quais são os benefícios de usar o Marketing Médico.


Sala de espera da sua clínica sem reclamação.

Como evitar reclamação na sala de espera da sua clínica.

A satisfação dos seus pacientes é determinada por inúmeros fatores, mas a agilidade do atendimento é o ponto mais crítico da avaliação dos serviços da sua clínica. Ninguém gosta de esperar, e no setor da saúde a sala de espera está sempre associada à ansiedade e reclamação.

Os pacientes consideram o tempo de espera uma “oportunidade perdida”. A demora na sala de espera pode gerar uma experiência negativa e pode ser um fator decisivo na hora de optar pelo local da próxima consulta.

Veja como reduzir faltas no seu consultório.

Se você já percebeu que tem perdido pacientes ou vem tendo dificuldade de fidelizá-los à sua clínica, está na hora de tomar uma atitude para reverter essa situação e evitar reclamação. A espera é inevitável, mas existem algumas dicas que você pode seguir para reduzir a demora na sala de espera entre seus atendimentos.

Veja como reduzir o tempo na sala de espera da sua clínica e evitar reclamação:

Evitar reclamação com o agendamento online:

O agendamento online de uma consulta pode ser um fator de otimização de tempo tanto na hora de fazer a marcação quanto na sala de espera, no dia da consulta. Um software de gestão para clínicas pode te dar a opção de oferecer as melhores datas e horários para cada profissional e especialidade de maneira automática, direto do site da sua clínica.

No dia da consulta, o agendamento online pelo software com alinhamento de horários e procedimentos evita conflitos entre preparos dos profissionais, reduzindo possíveis atrasos, diminuindo o tempo de espera e agilizando a consulta.

Veja por que o agendamento online pode ser um forte aliado para as finanças da sua clínica.

Reduzir tempo de espera com o prontuário eletrônico:

Com um software de atendimento pensado para a área da saúde a sua clínica ganha tempo com o registro único do paciente. Com o prontuário eletrônico integrado à sua agenda, você evita o retrabalho na identificação dos dados do paciente na sala de espera e a sua equipe pode organizar os procedimentos necessário de forma antecipada.

Com o prontuário eletrônico do SaúdeVianet você tem todas as informações do seu paciente disponíveis direto da sua agenda de atendimento. Além disso, no software você tem acesso ao histórico de atendimentos do paciente, exibido em uma linha do tempo que mostra a progressão do tratamento com agendamentos, receitas, laudos e exames anteriores.

No prontuário eletrônico do SaúdeVianet você tem fácil acesso às seguintes informações;

  • Dados do paciente;
  • Fichas clínicas;
  • Emissão de receitas, atestados e solicitação de exames;
  • Histórico de atendimento;
  • Documentos e laudos;
  • Arquivos e imagens.

Veja como funciona o prontuário eletrônico do paciente na prática.

Agilizar a sala de espera com a fila de antecipação:

Muitas vezes, os atendimentos não duram exatamente o tempo previsto. Se você pudesse adiantar os atendimentos posteriores da sua agenda assim que você ganhasse um tempinho nas consultas, com certeza seu dia se tornaria mais produtivo e sua sala de espera mais dinâmica.

Com o SaúdeVianet você pode fazer isso com o recurso de lista de antecipação dos pacientes que estão na sua sala de espera. Se uma consulta for mais rápida que o previsto, você ganha tempo para antecipar suas próximas consultas. Assim que um paciente chega na sua clínica a sua recepção pode colocá-lo na lista de antecipação, e quando a consulta terminar ele será chamado, reduzindo seu tempo de espera.

Fonte: http://negocios.inovapar.com.br/


 

 

Viu como é fácil reduzir o tempo de espera e evitar reclamação na sua clínica? Com a tecnologia da informação aliada aos seus atendimentos você pode garantir um serviço mais dinâmico aos seus pacientes e evitar assim futuras reclamações na sala de espera.

Quer saber como ter esses recursos funcionando na sua clínica? Cadastre-se grátis no software de gestão SaúdeVianet e teste na prática os recursos que vão otimizar o seu atendimento.
Nova call to action


Tecnologia na saúde: Sua clínica está atualizada?

Tecnologia na saúde: Sua clínica está atualizada?

A tecnologia na saúde pode facilitar o dia-a-dia da sua clínica. Não importa quantos pacientes você tenha, na hora de organizar as informações que são geradas na sua clínica você precisa prestar atenção em vários processo, do agendamento à cobrança, do começo ao final da experiência do paciente.

O grande número de recursos para lidar com todas essas informações e os padrões nos quais elas são apresentadas vem evoluindo com o tempo, como a digitalização do prontuário do paciente por exemplo, justamente pela importância de cada um desses tópicos referentes a tecnologia na saúde.

Veja como o prontuário eletrônico pode ser uma poderosa ferramenta competitiva para sua clínica.

 

Quais são as novidades da tecnologia na saúde?

A grande novidade na tecnologia da saúde está na otimização dos processos clínicos por meios digitais. A revolução tecnologia atingiu em cheio a área médica trazendo não apenas recursos eficientes nos tratamento e prevenção de doenças, mas também na forma como o profissional da saúde lida com seus pacientes.

Apesar do uso de guia, impressão de exames e prontuário médico ainda ser prática recorrente, diversas clínicas, hospitais e laboratórios já adotam recursos de tecnologia na saúde que digitalizam esses processos. Contudo, essas soluções precisam de adaptação para que diferentes entidades consigam intercambiar informações.

 

Prontuário eletrônico como diferencial para sua clínica.

A interoperabilidade representa uma promessa de facilitação, trazendo mais eficiência operacional, financeira e de cuidado com o paciente, e nesse cenário de revolução da tecnologia na saúde a clínica que não se adapta às novas tendências da tecnologia fica para trás na preferência dos pacientes e perde espaço para a concorrência.

Para a interoperabilidade sair do discurso e ir para a prática é preciso que as instituições incorporem protocolos e padrões vendor-neutral – aqueles que não possuem ligação com uma marca específica – para que todos os sistemas se conversem automaticamente, sem a necessidade de intervenção humana.

Você sabe se a sua clínica segue todos os protocolos necessário para a viabilização da interoperabilidade? Será que existe algum recurso que facilite os processos da sua clínica que você ainda não lançou mão?

Veja como o Agendamento online pode ser um grande aliado das finanças da sua clínica.

 

Sua clínica está equipada com o melhor da tecnologia na saúde?

Dentre os recursos de inovação da tecnologia na saúde estão:

  • Prontuário eletrônico;
  • TISS: faturamento de convênio;
  • Auto-agendamento online.

Mas além desses recursos existem outras ferramentas que podem te ajudar a integrar os processos da sua clínica de maneira prática,  inclusive com convênios odontológicos e médicos.

Pensando em otimizar a integração tecnológica da sua clínica, o SaúdeVianet preparou uma check-list para você acompanhar a atualização dos recursos do seu consultório, do prontuário eletrônico até o faturamento, e identificar quais os padrões de interoperabilidade estão faltando e ainda se colocar à frente de seus concorrentes no que diz respeito à inovação e tecnologia na saúde.

Saiba quais são os benefícios de um software de gestão para sua clínica. 

 

Quer deixar sua clínica atualiza? Acesse agora o nosso check-list de integração tecnológica e veja quais são os recursos da tecnologia na saúde que você pode usar na sua clínica para aprimorar seus atendimentos.

 

Confira o check-list de integração tecnologia para clínicas:

Quero atualizar a minha clínica


Fonte: https://saudebusiness.com/noticias/interoperabilidade-o-desafio-dos-sistemas-de-e-saude/


Gestão do corpo clínico: 4 dicas infalíveis.

A gestão de uma clínica médica necessita de muita atenção da parte dos gestores. O ambiente engloba inúmeras áreas de atuação, entre eles médicos, enfermeiros, nutricionistas – que formam o corpo clínico -, além de profissionais de outras áreas.

Um dos maiores desafios dos gestores da área da saúde é gerenciar os profissionais que compõe seu corpo clínico. O volume de atividades, pacientes e desafios enfrentados aumenta constantemente. A sucessão de acontecimentos dentro de uma clínica está a todo momento elevando a pressão no ambiente organizacional. Com isso, gerir de forma a manter a organização e ao mesmo tempo motivar e engajar o corpo clínico torna-se uma tarefa importante.
Saiba agora, 4 dicas infalíveis para melhorar a gestão do seu corpo clínico:

 

Gestão do corpo clínico: 4 dicas infalíveis.

1- Implantação da Governança Corporativa e Gestão por Processos.

Ajuda na resolução de problemas e no desenvolvimento a longo prazo de ações ligadas à área administrativa e a gestão. Para isso, é importante a formação e implementação de um Conselho que contenha os membros gestores da clínica, não apenas os ligados ao Corpo Clínico como também a todas as áreas que envolvem a administração.

Criar um espaço onde os gestores possam argumentar, discutir e criar estratégias. Bem como uma área na qual tanto o corpo clínico, como os funcionários de outras áreas possam expressar e trocar ideias com propósitos resolutivos. A troca de ideias e experiências auxilia a diminuir o peso que o gestor clínico é encarregado e possibilita a troca de visões sobre determinada questão.

Saiba como a gestão do corpo clínico pode ser um fator de diferenciação.

 

Gestão do corpo clínico: 4 dicas infalíveis.

2 – Especialização dos gestores.

A intenção ao especializar os gestores é de capacitá-los para exercer uma função de diretoria ou chefia, bem como gestão de pessoas. Cursar uma especialização na área de gestão, frequentar palestras e congressos pode auxiliar a conduzir tanto o corpo clínico como a organização em si.

Veja como a gestão do corpo clínico pode ser um fator de diferenciação.

 

Gestão do corpo clínico: 4 dicas infalíveis.

3 – Elaborar estratégia de formatação de protocolos e diretrizes médicas.

A partir da criação do Conselho e da Especialização dos Gestores, podemos elaborar estratégias e protocolos a serem instaurados e cumpridos. Desde que sejam criados e estruturados para o contexto no qual estão inseridos e com o olhar do gestor, ou seja, quem vai mensurar os dados. É importante que sejam implementados e todo o seu processo seja acompanhado, para isso é necessário a criação de indicativos para a análise e coleta dos dados. Cabe ao gestor mediar, implementar e analisar os protocolos e as diretrizes.

Veja como você pode revolucionar a gestão da sua clínica com nossos Relatório e Indicadores.

 

 

Gestão do corpo clínico: 4 dicas infalíveis.

4 – Investimento em tecnologia.

Por último, mas não menos importante, o investimento e a implementação da tecnologia é algo que pode facilitar a gestão e acompanha as três dicas anteriores. A tecnologia é imprescindível para otimizar os processos. Existem softwares que permitem a implantação das ferramentas citadas acima, como o Conselho ou a aplicação e formulários e protocolos ao corpo clínico.

Entenda porque é tão importante tem um software para sua clínica.

 

Além disso, a tecnologia aliada à área da gestão clínica permite inúmeras facilidades, algumas delas são:

  • Implementação do Prontuário Eletrônico de Pacientes (PEP), um instrumento adequado para o acesso e alcance das informações dos pacientes.
  • Cadastrar e gerenciar o Corpo Clínico, afim de catalogar e ter total conhecimento de quem o compõe. Assim, o gestor pode ser mais eficaz na implementação de ações e na gestão do Corpo Clínico como um todo.
  • Ao trabalhar com plataformas online, o tempo é otimizado, tanto para o paciente como para os médicos.

Confira como funciona o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) na prática. 

Além de trabalhar essas quatro dicas, apoiar e valorizar os seus colaboradores é de extrema importância. São eles que formam o seu Corpo Clínico, a sua Diretoria e o setor Administrativo. O ambiente clínico é um grande organismo e cada um dos colaboradores é uma célula necessária para o funcionamento do mesmo.

 

 


Como sua clínica pode contribuir com a preservação do meio ambiente.

A sustentabilidade tem tudo a ver com a área médica. Alguns hospitais, clínicas e centros de saúde estão investindo em ações que, além de contribuir com a saúde dos pacientes e reduzir gastos, podem ajudar o meio ambiente.

Cada vez mais as pessoas e instituições voltam seu olhar para a preservação do planeta, procurando gerir o seu negócio com a preocupação de tornar sua atividade sustentável. Uma prática que, além de colaborar com a preservação do meio ambiente, implica em melhorias sociais e envolve questões financeiras, podendo gerar economia para o seu bolso.

É importante que as instituições repensem as suas prioridades para amenizar o impacto que elas causam no meio ambiente.

Respeitar o meio ambiente deve ser uma tarefa desenvolvida por todos, desde as pessoas, instituições e empresas. Vivemos em uma época que a sustentabilidade ambiental nos meios de produção é uma essência para a sobrevivência humana, e isso não é diferente no setor de saúde.

Incorporar a sustentabilidade nas decisões sobre os processos de uma clínica, pode diminuir o consumo de recursos naturais, a demanda por matéria-prima e assim ajudar a preservar o meio ambiente.

Existem algumas práticas de gestão para sua clínica que podem ajudar na preservação do meio ambiente.

Por mais que essas questões possam parecer complicadas, quando adotadas com consciência, acabam sendo realizadas com tranquilidade no dia a dia.

Atenção ao descarte correto dos resíduos.

O descarte de resíduos sólidos de materiais utilizados nos sistema de saúde já são regulamentados pela Anvisa e por legislações federais, portanto é necessário segui-los.

O PGRSS é um conjunto de procedimentos de gestão que visam o correto gerenciamento dos resíduos produzidos no estabelecimento. Tais procedimentos devem ser planejados e implementados a partir de bases científicas e técnicas, normativas e legais, a fim de minimizar a produção de resíduos e proporcionar a estes um encaminhamento seguro e de forma eficiente.

O objetivo é a proteção dos trabalhadores, a preservação da saúde pública, dos recursos naturais e do meio ambiente, obedecendo rigorosamente às legislações ANVISA RDC 306 e CONAMA 358.

Recolha as informações necessárias na Anvisa acerca das regras do seu negócio e procure regularizá-lo no órgão ambiental do seu município. Depois, prepare o Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, pois todo serviço de saúde é obrigado por lei a planejar cada etapa dos procedimentos de geração, classificação e disposição final de seus resíduos de acordo com o tipo e o grau de risco.

Dessa forma, você fica resguardado e com a tranquilidade de que os resíduos produzidos no seu consultório tiveram o destino correto.

Além disso, torneiras e vasos sanitários automáticos, sistemas de captação de água da chuva e outras atitudes que colaboram com a economia de água agregam valor à imagem da clínica. Elas podem se destacar na comunidade.

Fazer a economia de papel.

Já parou para pensar em quanto papel você consome diariamente preenchendo os prontuários de seus pacientes?

Ao referir-se na economia de produtos, a redução do uso de papel nas rotinas hospitalares podem fazer uma grande diferença. O papel é, sem dúvida, o maior vilão das clínicas e consultórios, o que evidencia a necessidade de se utilizar um bom software de gestão.

Além de economizar e cuidar do meio ambiente, você ganhará agilidade na consulta, pois terá todas as informações armazenadas diretamente no computador, com a facilidade de ver todo o histórico dos pacientes nas próximas consultas, com o receituário, condutas e informações gerais do tratamento.

Entenda por que é tão importante ter um software para sua clínica.

Todos têm conhecimento que a produção massiva de papel afeta o meio ambiente pela alta retirada das árvores. Ao adotar esse sistema, a clínica está agindo com sustentabilidade.

Além disso, a sustentabilidade também pode ser financeira. Grandes empresas podem facilmente economizar muito utilizando menos papel. Hoje há os sistemas de gestão e agendamento online que podem ser extremamente úteis, inclusive mais que o papel.

Limpeza e Esterilização.

Optar por produtos de limpeza biodegradáveis é uma das medidas mais simples e que colaboram para diminuir o acúmulo de substâncias tóxicas na natureza.

Mas, engana-se quem pensa que essa é única vantagem desse tipo de produto. Os produtos biodegradáveis também costumam render mais (garantindo economia no fim do mês), limpar com mais eficiência (sem danificar superfícies) e têm menores chances de causar lesões e alergias na pele.

Se em sua clínica ou consultório houver equipamento de esterilização, lembre-se de que este deverá ser utilizado na capacidade máxima para evitar o desperdício.

Todas as clínicas que aderem às práticas ambientais estarão promovendo um diferencial na sociedade e podem ser amplamente reconhecidas por suas estratégias de sustentabilidade.

Mas para isso, é preciso que toda equipe esteja envolvida em desenvolver projetos de políticas de preservação ambiental. Nas grandes clínicas unir um pessoal que esteja a comando dessa responsabilidade social pode fazer uma grande diferença.

Pare e pense na rotina de sua clínica ou consultório, reúna os colaboradores e troque ideias para ver o que pode ser feito. A sustentabilidade está na ordem do dia e ao adotar determinadas práticas, além de zelar pelo bem-estar dos funcionários, sua clínica ou consultório estará colaborando com o meio onde está localizada, sendo bem vista e conceituada pela sociedade.


Afiliados Svianet

Afiliados Svianet - Política do programa

Este artigo corresponde à nossa política de afiliados, que descreve o conjunto de regras do nosso programa de bonificação de parceiros.

CADASTRO NO PROGRAMA DE AFILIADOS
Para participar, é obrigatório o cadastro em nosso programa de afiliados.

Uma vez cadastrado, o afiliado pode realizar indicações, acumular bônus e requisitar a utilização dos bônus em serviços Svianet ou em dinheiro.

>> CADASTRE-SE EM NOSSO PROGRAMA DE AFILIADOS

BÔNUS
Os bônus são gerados mediante indicações do nosso Software convertidas em assinaturas diretas, as quais chamamos de assinaturas convertidas.

Ou seja, só existe geração de bônus associado ao afiliado quando o seu indicado se cadastra em nosso teste grátis e, em seguida, assina um de nossos planos.

Desse modo, se um indicado se cadastra no teste grátis e não assina nenhum dos nossos planos, não há geração de bônus relacionado ao indicado em questão.

Entretanto, uma indicação está sempre habilitada a gerar bônus. Isto é, assim que um indicado assina um dos planos, mesmo depois de ter vencido o seu período de testes, o bônus é automaticamente gerado para o afiliado ao qual ele está associado.

ATENÇÃO: Somente serão computados os bônus cujos dados do indicado forem informados por email. Por isso, não se esqueça de nos contactar por email ([email protected]) para informar os dados de uma indicação.

REQUISIÇÃO DO BÔNUS PARA SAQUE EM DINHEIRO
É o valor do bônus que determina quando ele estará disponível para requisição de saque em dinheiro.

As regras de disponibilização para o “saque” seguem as especificações abaixo:

  • bônus abaixo de R$500 disponível no ato do pagamento da segunda mensalidade
  • bônus entre R$500 e R$1200 disponível no ato do pagamento das 2ª e 3ª mensalidades
  • bônus entre R$1200 e R$ 2000 disponível no ato do pagamento das 2ª, 3ª e 4ª mensalidades
  • bônus acima de R$2000 disponível no ato do pagamento das 2ª, 3ª, 4ª e 5ª mensalidades
  • o pagamento parcelado de um determinado bônus só pode ser interrompido se a clínica assinante também interromper o pagamento das mensalidades. Assim que o pagamento das mensalidades for retomado, o pagamento das parcelas do bônus também voltará a ser realizado.

REQUISIÇÃO DO BÔNUS PARA UTILIZAÇÃO NO SVIANET
Os bônus podem ser requisitados para utilização na própria plataforma assim que são gerados e exibidos na tela da conta do afiliado.

O valor deve ser solicitado juntamente com a especificação da forma de utilização (abatimento em mensalidade ou aquisição de pacotes de mensagens de email e/ou SMS).

PLANOS TRIMESTRAIS, SEMESTRAIS OU ANUAIS
Em caso de assinatura de planos trimestrais, semestrais ou anuais, os bônus correspondem ao valor mensal, entretanto, ficam disponíveis para saque 7 dias após a efetivação da assinatura.

**BÔNUS EXTRA**
10 assinaturas realizadas num prazo de 30 dias, por indicação de um mesmo afiliado, lhe garantem um bônus adicional, igual à metade da soma do valor mensal dos novos assinantes.

Por exemplo, se dentro de um período de 30 dias um mesmo afiliado tiver 10 assinaturas convertidas associadas a ele, cada uma no valor de R$100, ele deverá receber os R$1.000 referentes às assinaturas e mais R$500 de bônus extra.

Este bônus é pago mediante o pagamento da terceira mensalidade do último dos 10 assinantes.

REGRAS PARA REQUISIÇÃO DO BÔNUS
1 bônus corresponde ao valor integral da mensalidade assinada pelo indicado, e é gerado no ato da assinatura da mesma.

Entretanto, as requisições de bônus podem ser de utilização na própria plataforma do Svianet ou de saque em dinheiro.

Após enviar uma requisição de utilização, nossa equipe avaliará o pedido e dará um feedback a respeito em até 24h.

Em caso de pagamento em dinheiro, uma vez que o mesmo for liberado, deverá estar em sua conta em até 72h.

À medida que os valores vão sendo disponibilizados para o saque, eles vão sendo somados ao saldo do afiliado.

O afiliado pode requisitar o saque de todo o valor do seu bônus a qualquer momento.

Consulte acima as regras para requisição em cada situação.

INDICAÇÕES

São consideradas indicações/indicados de um afiliado apenas os cadastros no teste grátis.

Só será possível associar o cadastro do indicado ao afiliado que realizou a indicação se o mesmo informar os dados do afiliado por email ([email protected]).

Por isso, para facilitar, é imprescindível que o afiliado chame a atenção do indicado para que este, após realizar o cadastro no teste grátis, nos informe quem o indicou.

 

>> CADASTRE-SE EM NOSSO PROGRAMA DE AFILIADOS

Software para clínicas populares: empresário revela qual o melhor


POSTS RELACIONADOS