prontuario-do-paciente

Prontuário do paciente pode ajudar na gestão do seu consultório médico.

O Prontuário do paciente é uma ferramenta bastante utilizada nos consultórios médicos. Sua função, como o próprio nome já diz, é guardar informações que devem estar à mão, prontas a qualquer momento. A ideia do prontuário médico é salvar o histórico médico do paciente em ordem cronológica, refletindo exatamente o curso do tratamento e indicando as possíveis causas da doença.

A resolução CFM 1638/ 2002 define o prontuário do paciente como “documento único constituído de um conjunto de informações, sinais e imagens registradas, geradas a partir de fatos, acontecimentos e situações sobre a saúde do paciente e a assistência a ele prestada, de caráter legal, sigiloso e científico, que possibilita a comunicação entre membros da equipe multiprofissional e a continuidade da assistência prestada ao indivíduo“.

Veja como o prontuário eletrônico auxilia na segurança dos dados da sua clínica.

Mas além de constituir um verdadeiro dossiê, que tanto serve para a análise da evolução da doença, como para fins estatísticos, o prontuário do paciente pode trazer algumas vantagens para a gestão do seu consultório médico.

Diminuição de riscos para seus pacientes.

O prontuário do paciente auxilia na melhoria das recomendações de infecção hospitalar, corrigindo eventuais problemas e indicando a terapia mais adequada para o processo de infecção. Quando o prontuário médico é bem implementado, as informações são disponibilizadas automaticamente na tela do seu software de gestão, indicando pacientes suspeitos de infecção. Assim, o especialista pode interagir com o sistema, fazendo uma auditoria da prescrição e sugerindo ao médico assistente os medicamentos
mais adequados.

Diminuição de custos no seu consultório médico.

A organização de custos é importante para o aumento do faturamento da sua clínica, e o prontuário do paciente possibilita desde a redução do desperdício de medicamentos que seriam prescritos de forma redundante, até a diminuição do uso de materiais de escritório, como papel, impressão e pastas. Dessa forma, a implementação do prontuário do paciente no seu consultório médico reduz significativamente os custos da sua clínica por atendimento, aumentando seu lucro.

Veja como o prontuário do paciente pode ser usado como ferramenta competitiva.

Mais produtividade e trabalho conjunto com o prontuário do paciente.

Como o objetivo final do uso do prontuário eletrônico é a centralização das informações, os profissionais do seu consultório médico perdem menos tempo na busca de informações do paciente. Com o histórico de atendimento e todas as fichas clínicas reunidas em um só lugar, o atendimento passa a ser mais produtivo e a equipe tem mais facilidade em partilhar informações sobre os pacientes.

Redução de glosas.

Glosas são recusas no pagamento das cobranças de consultas efetuadas por convênios de saúde. A maior parte das glosas acontece por erros comuns na fase pré-analítica, no agendamento e atendimento ao paciente. Com o prontuário do paciente, as informações sobre os procedimentos cobertos (ou não) por um determinado plano de saúde são vistas de forma automática e em tempo real. A solicitação para exames, por exemplo, não fica parada na área de autorização e é possível saber todas as regras de coberturas dos convênios/planos e, assim, identificar qualquer possível desvio.

Veja o infográfico sobre faturamentos de convênios e entenda a importância do TISS para sua clínica.

 


 

 

Fonte: PRONTUÁRIO DO PACIENTE “tempo de guarda” Vanderlei Soares Moya


crm para clínica

CRM para clínica: quais são as vantagens?

Você sabe quais são as vantagens de um CRM para clínica? O marketing médico é um dos serviços que mais tem se destacado entre as agências de marketing digital nos últimos anos, e isso se deve à ampla competitividade que as clínicas particulares vem enfrentando junto aos seus concorrentes. A saúde particular passou a ter uma procura maior no Brasil desde que os serviços públicos de atendimento à saúde se tornaram mais escassos, ao mesmo tempo que os negócios das clínicas populares começaram a conquistar mais pacientes por serem alternativas acessíveis.

Para se garantir no mercado da saúde particular, a sua clínica deve ter o melhor atendimento entre os seus concorrentes. Na hora da escolha do paciente para agendar uma consulta, o que difere uma clínica da outra é a qualidade do atendimento ao cliente. Para ajudar a sua clínica nesse aspecto, o objetivo principal de um CRM para clínicas é atender melhor o paciente de forma que ele fique satisfeito com o serviço e retorne à sua clínica para outras consultas – e ainda indique os serviços dos seus profissionais aos seus conhecidos.

Veja 5 dicas infalíveis para gerir sua clínica com foco nos seus pacientes.

Quais são as vantagens de ter um CRM na sua clínica?

As principais vantagens de um CRM para clínicas são:

  • A segmentação de pacientes por necessidades e especialidade.
  • A possibilidade de registrar o histórico de contatos com o paciente.
  • Fidelizar pacientes para que retornem à sua clínica.
  • Aumentar o faturamento da clínica, com o aumento dos atendimentos.
  • Automatização de processos e comunicação entre o médico e o paciente.

Se você ainda não conta com um CRM para clínica ao organizar os contatos dos seus pacientes, pode ser que você esteja perdendo a oportunidade de se relacionar melhor com os seus clientes, e isso significa que a sua clínica poderia estar faturando muito mais do que realmente está. Um CRM, que é a sigla em inglês para Gestão de Relacionamento com o Cliente é uma ferramenta muito usada por empresários que sabem da importância do contato com o cliente na hora de fechar um negócio.

Saiba como fidelizar seus pacientes com marketing de relacionamento.

Qual é a importância de um CRM para clínica?

A importância do CRM para clínicas é enorme, visto que todos os processos de um empreendimento da área da saúde são voltados para a satisfação e o bem estar dos pacientes. Garantir que o seu paciente esteja satisfeito com sua clínica durante o tempo do atendimento é o mínimo com que uma clínica deve se preocupar, mas se assegurar de que a experiência do paciente seja boa mesmo após o atendimento é a garantia de que aquela consulta resulte em um retorno, ou no melhor dos casos na indicação de outros pacientes.

Se você pudesse, por exemplo, atualizar os seus pacientes de uma determinada especialidade sobre as novidades da sua clínica a respeito dos tratamentos que oferece, ou se ainda mantivesse uma rotina de troca de mensagens com seu pacientes para avisá-los sobre a necessidade de um retorno, quantas consultas a mais sua clínica conseguiria no final do mês?

Entenda o que os médicos buscam em um software de gestão para clínicas.

Como ter uma CRM na sua clínica?

Quer saber o que é preciso para ter uma CRM para clínica? Cadastre-se para testar o Saúde Vianet e confira como nosso App de Marketing pode ajudar você a atingir resultados surpreendentes com seus pacientes.

Fonte: http://www.anpad.org.br/enanpad/2006/dwn/enanpad2006-adia-0782.pdf


O que é o TISS - e por que ele é indispensável para sua clínica?

Se você trabalha com saúde particular no Brasil, certamente já se questionou sobre o que é o TISS. Independente do significado da sigla, sabemos que o TISS está relacionado aos planos de saúde, e por isso o termo tem ficado cada vez mais popular.

Por causa da insatisfação de boa parte dos usuários do SUS no Brasil, as operadoras de serviços médico-assistenciais tem ganhado mercado, e a inovação do modelo de negócio das clínicas populares tem possibilitado maior acessibilidade à saúde particular. 

Veja no infográfico a seguir o que é o TISS – e por que ele é indispensável para a sua clínica:

o que é o TISS - e por que ele é indispensável para a sua clínica.
o que é o TISS – e por que ele é indispensável para a sua clínica.

Nova call to action


Apps de saúde: Aplicativos que ajudam a monitorar o tratamento dos seus pacientes.

Apps de saúde: Não é atoa que eles são chamados de “pacientes”. Quando alguém entra no sistema de saúde hoje ele já sabe exatamente o que vai encontrar: Inúmeros exames, preços cada vez mais altos e uma espera sem fim. Nenhum método médico deixa de ter importância por conta da insatisfação dos pacientes, pois os procedimentos da saúde são complexos e todo o cuidado é pouco, mas a frustração está deixando os pacientes saturados.

A internet já permite que os pacientes encontrem e agendem consultas onde e quando for melhor para eles, no entanto, mudanças radicais exigem inovação – de provedores para pacientes e de médicos para dados. Essa mudança está acontecendo. Tecnologias como o smartphone permitem que as pessoas monitorem sua própria saúde.

As possibilidades se multiplicam quando você adiciona os ingredientes essenciais em falta – o acesso aos seus próprios registros médicos e a capacidade de compartilhar facilmente informações com aqueles de sua confiança. Isso permite reduzir as ineficiências em seu próprio tratamento e também fornecer dados para ajudar a treinar algoritmos médicos. Assim o paciente pode melhorar seus próprios cuidados e os de todos os outros também.

Os dados médicos podem não parecer o tipo de faísca para desencadear uma revolução. Mas o fluxo de informações provavelmente dará frutos de várias maneiras. Uma delas é um diagnóstico mais completo.

Veja o infográfico a seguir mostrando as inovações tecnológicas dos apps de saúde que permitem os próprios pacientes monitorarem seu tratamento.

Apps de saúde: Aplicativos que ajudam a monitorar o tratamento dos seus pacientes.
Apps de saúde: Aplicativos que ajudam a monitorar o tratamento dos seus pacientes.

Nova call to action


Gestão de clínicas com foco em pacientes: 5 dica infalíveis.

A partir do avanço tecnológico e midiático, os serviços tendem a desenvolver cada vez mais uma didática voltada ao ser humano. Nesse sentido, a mudança na gestão de clínicas médicas é direcionada à relação com os pacientes.

Para melhorar essa relação médico – paciente, entender o público alvo é uma necessidade. Ter as definições de faixa etária, gênero e classe social, podem facilitar o melhor atendimento dos pacientes. Além de estabelecer maior confiança entre paciente e médico, tornando possível um melhor diagnóstico e tratamento. Isso atrelado a concorrência de mercado gera a necessidade de uma melhor gestão de clínicas com foco nos pacientes.

Veja agora 5 dicas de gestão de clínicas com foco em pacientes.

1. Estabelecer uma conexão com as pessoas.

Manter o foco nos pacientes é o primeiro passo, estabelecer uma conexão com a pessoa é um nível além do primeiro contato. Pode parecer óbvio, mas nem sempre é um objetivo dos profissionais da área.

Procure ouvir o paciente, e o contexto no qual o mesmo está envolvido. Seja ele familiar, social ou até mesmo profissional. A saúde do paciente é um reflexo de sua vida. Ou seja, entender o paciente e sua vivência permite tanto ajudá-lo e estabelecer a confiança necessária entre médico-paciente.

2. Invista no seu consultório.

O consultório é o primeiro contato que o paciente tem com o médico. Assim, é importante que o mesmo esteja sempre a favor do paciente.

A sala de espera é o ambiente onde o paciente aguarda para ser atendido. Utilize poltronas ou estofados confortáveis, mantenha as revistas atualizadas e a televisão ligada, para distrações em caso de atrasos. Tudo para gerar conforto aos pacientes e seus acompanhantes.

3. Tenha uma equipe bem preparada.

Uma clínica médica é acima de tudo uma empresa, e como qualquer outra, a equipe é o coração da organização. Portanto, a escolha da equipe presente na clínica é imprescindível para estabelecer uma melhor relação médico-paciente.

Lembre-se que a recepção é o primeiro contato que o paciente tem com você, ou seja, a atuação desse setor é crucial, pois a primeira impressão para o público vem do seu contato com a recepção. Portanto, o treinamento e o preparo da equipe é muito importante.

4. Procure ser paciente.

Ter paciência é uma característica importante e deve ser inerente ao profissional da saúde, bem como todo o Corpo Clínico presente no consultório. É necessário lembrar que o paciente já está sobre pressão e muitos sentem-se extremamente ansiosos apenas pelo fato de terem uma consulta agendada.

Por isso é de extrema importância trabalhar a sua capacidade empática e ser paciente afim de ter um atendimento eficaz e focado no paciente.

5. Utilize um bom software de gestão de clínicas.

Já falamos antes sobre a importância de saber utilizar a tecnologia a nosso favor. Quanto a relação médico-paciente, um bom software de gestão clínicas tende a otimizar os processos e estreitar as relações.

Recursos como o Prontuário Eletrônico de Pacientes (PEP) são uma ferramenta que pode cumprir essa tarefa. O PEP é um instrumento adequado para o cadastro de informações de pacientes. Auxiliando na melhor gestão clínica voltada para o melhor atendimento ao paciente.

Essas são cinco dicas infalíveis para otimizar o seu contato com o paciente. Seguindo essas etapas, você consegue tanto desenvolver seu atendimento quanto satisfazer seu público nesse ramo tão competitivo.

Nova call to action


Marketing para clínicas no seu software de gestão

Se você quer entender mais sobre marketing para clínicas, precisa saber que a tecnología é a chave para o negócio. Junto com o avanço da tecnologia, os meios tradicionais de comunicações também mudaram. Os smathphones facilitaram o acesso à informação, e com isso, meios como anúncios em rádio, mala direta e folders já não são mais efetivos.

Veja dicas para gerir equipes e encantar seus pacientes.

Sendo assim, como atrair e aumentar o número de pacientes de sua clínica? A solução, é a adaptação do marketing para clínicas para a era digital. Através de um software de gestão, é possível aprimorar o marketing de saúde, e assim, aumentar o número de pacientes de sua clínica.

Veja como um software de gestão pode ajudar no marketing para clínicas.

1. Fidelização estratégica

Com um aplicativo de saúde, é possível pensar de maneira estratégica a fidelização dos pacientes. Um dos principais focos do marketing de relacionamento é a construção e fidelização dos clientes. Com isso, o aplicativo de saúde permite a interação com o paciente, através da criação de grupos específicos a partir de dados do sistema de gestão. A partir disso, é possível direcionar as estratégias do marketing para clínicas para os públicos específicos, fidelizando assim o paciente.

2. Direcionamento de Mensagens

Com a fidelização estratégica definida, é possível direcionar as mensagens, também de maneira estratégica. Ou seja, uma vez que os grupos de pacientes estão segmentados, o marketing para clínicas pode ser direcionado de maneira assertiva. Dessa forma, o paciente recebe apenas as mensagens que lhe são interessantes. Evitando assim, que o paciente se desinteresse pela clínica ou até mesmo que as mensagens tenham efeito oposto do esperado, como por exemplo acabar por afastar o paciente.

3. Aumento de Agendamentos

O aplicativo de saúde permite a automatização das mensagens, com isso, o paciente vai estar sempre por dentro das informações que são necessárias para prosseguir com o seu tratamento. Assim, ele não irá esquecer de marcar ou agendar uma consulta ou um exame. O que por fim, acaba por otimizar a sua clínica e evitar a evasão de clientes.

4. Estreitar a Comunicação com o Paciente

Como já citado, o marketing de relacionamento prevê a segmentação e fidelização dos clientes, nesse caso, os pacientes da clínica. Além das vantagens citadas nos itens anteriores, o uso de um app de saúde permite estreitar a comunicação com o paciente e se fazer presente em momentos específicos. Isso, atrelado ao envio automático de mensagens possibilita que a clínica se mantenha em contato com o paciente e inclusive, demonstrar o quão importante o paciente é. Seja por uma mensagem de Dia das Mães, ou uma campanha específica.

5. Integração com o Marketing

O app de saúde permite total integração com a área de marketing. Com isso, é possível manter as estratégias integradas ao aplicativo. Assim, você pode enviar mensagens ligadas ao marketing, agenda, prontuário ou até mesmo o financeiro. Com isso, o paciente fica informado de tudo o que acontece na clínica e das possíveis estratégias de marketing digital. Desta forma, o paciente se torna o foco do marketing para clínicas, baseado na construção e manutenção do relacionamento.

O aplicativo SaúdeVianet, oferece essas e outras funções a fim de auxiliar na gestão do marketing para clínicas. Faça um teste grátis com duração de 15 dias e teste você mesmo as facilidades que a tecnologia atrelada a saúde podem te proporcionar.

 


Agendamento online svianet

Auto Agendamento Online: o aliado forte das finanças da clínica

O Auto Agendamento Online é uma ferramenta que está sendo cada vez mais utilizada pelas clínicas, uma vez que ela consiste em disponibilizar um canal a mais para que os pacientes possam agendar seus atendimentos.

Nós já sabemos que, quanto mais canais de contato existem entre a clínica e o paciente, mais forte é esta relação. Por isso, é importante disponibilizar tantos canais de contato quanto forem possíveis de ser administrados com qualidade pela sua equipe.

Essa importância é ainda maior quando se trata de uma ferramenta cujo objetivo é aumentar o número de agendamentos.

E por que este tratamento especial quando se fala em aumentar os agendamentos?

RESULTADOS REAIS DO AGENDAMENTO FACILITADO

Simples: estudos realizados em resultados reais de dezenas de clínicas apontam um dado comum a todos os exemplos analisados: há uma relação direta entre o número de agendamentos e o faturamento mensal.

No exemplo abaixo, podemos ver o resultado de 1 ano de operação de uma das clínicas analisadas.

Perceba como os agendamentos atendidos (em laranja), ou seja, os que efetivamente geram receitas, acompanham o movimento do total de agendamentos realizados (em azul).

AgendamentosXatendimentos

O impacto direto no faturamento pode ser observado quando se relaciona o faturamento mensal (em laranja) ao número de agendamentos realizados (em azul).

Na vertical, os valores à esquerda representam o faturamento mensal e os da direita, o total de agendamentos).

AgendamentosXFaturamentoÉ necessário, portanto, eliminar ao máximo os obstáculos para que os agendamentos aconteçam.

E é exatamente aí que entra o Auto Agendamento Online: ele é uma ferramenta que limpa o caminho entre o paciente e a clínica no momento do agendamento pois:

  • Está disponível 24h por dia, independente do horário de funcionamento da clínica;
  • Não interrompe o trabalho da equipe de recepção para atender um telefonema de marcação de atendimento

Então, agora que já mostramos o quanto a sua clínica pode ganhar em termos de faturamento e produtividade, vamos entender melhor em que consiste esta ferramenta.

A ferramenta de Auto Agendamento Online é parte do Saúde Vianet e é acessada por um link específico.

>> Veja aqui como configurar a sua agenda online e obter o link de acesso a ela

Então, se você já usa o nosso Software, tudo o que você tem que fazer é colocar no seu site um botão com este link para que seus pacientes acessem a disponibilidade dos profissionais de Saúde da sua clínica/consultório e escolham a data do agendamento.

COMO FUNCIONA O AUTO AGENDAMENTO ONLINE SVIANET

Na tela de Auto Agendamento da sua clínica, o paciente tem a lista dos profissionais, os dias mais próximos com disponibilidade de horário ou qualquer outro dia à sua escolha.

Auto-agendamento online tela principal

Ao selecionar o dia, o paciente vê quais são os horários disponíveis e escolhe o que for mais conveniente.

Logo abaixo, no campo de observações, ele pode dar informações adicionais, informando, por exemplo, se é uma revisão ou consulta de primeira vez.

Auto-agendamento online - selecionar horário

 

Ao clicar em agendar, o paciente deve se identificar. Caso já seja cadastrado para usar o Auto Agendamento, basta que ele insira seu email ou CPF e a sua senha.

Se ainda não for cadastrado, basta clicar na aba “Não sou cadastrado” e preencher um curto formulário, como na imagem abaixo.

Auto-agendamento online cadastro paciente

 

Antes que ele confirme o cadastro, exibimos um resumo das informações do agendamento.

Auto-agendamento online resumo

 

Para confirmar o cadastro, enviamos um SMS com o código de confirmação para o celular cadastrado.

Auto-agendamento online confirmacao

 

Assim que ele inserir o código e confirmar, uma mensagem de sucesso do processo é exibida.

Auto-agendamento online tela sucesso

 

Pronto! Agora a solicitação de agendamento dele já estará visível na sua agenda. Ela aparece como um agendamento no status Marcado (cinza), porém com listras diagonais mais escuras, para que você possa identificar os agendamentos oriundos do auto agendamento online.

Então, é só clicar na notificação que aparece com o número de agendamentos online pendentes para confirmá-lo.

Auto-agendamento online solicitacao pendente

Com este recurso em ação, é só divulgar bastante este prático canal de agendamento para que seus pacientes usem este recurso com mais frequência.

Para esclarecer qualquer dúvida sobre como o nosso Auto Agendamento funciona, fique à vontade para entrar em contato.

Se ainda não usa o Saúde Vianet, teste grátis por 15 dias!

Software para clínicas populares: empresário revela qual o melhor


POSTS RELACIONADOS


Software para clínicas populares: empresário revela qual o melhor

Empresário revela os bastidores de uma clínica popular

Para tornar mais palpável tudo o que foi apresentado no e-book anterior, fizemos uma breve entrevista com o Empresário Paulo Campos.

Diretor da Clínica Facilita, sediada no coração financeiro de Salvador, a maior capital do Nordeste, nos passou uma visão bem completa do universo de Clínicas Populares.

Nesse rápido bate-papo, ele mostra como vislumbrou a oportunidade de mercado e como o uso de recursos tecnológicos tem sido essencial na difícil tarefa de manter o complexo negócio inteiratamente sob controle.

Ele não abre mão dessa estratégia para se manter competitivo no mercado, uma vez que a boa oportunidade atrai diversos competidores, tornando imprescindível a necessidade de estar sempre à frente.

Entrevista

Dentre tantas opções de negócio a se montar na área da saúde, por que uma clínica popular?

Na verdade, acho o termo “Clínica de Varejo” mais adequado, pois mostra que é uma clínica mais acessível às pessoas, independente de elas terem plano de saúde ou não. Este é, inclusive, o modelo mais visto nos Estados Unidos, por exemplo.

A ideia de montar a Clínica Facilita foi, justamente, pensando em tornar o acesso a saúde mais fácil, num cenário em que muitos estão perdendo seus planos de saúde ou são mal atendidos pela rede pública.

Desde o início do projeto, o nosso foco principal era de criar uma clínica que fosse mais fácil de as pessoas chegarem, mais fácil de marcar uma consulta e se consultarem. Tivemos a preocupação de ter um local com estacionamento, de ter ponto de ônibus perto, dentre outros detalhes.

Facilidade, ambiente confortável e qualidade de atendimento são valores que pretendemos replicar em todas as unidades futuras da Clínica Facilita.

Quais as principais dificuldades encontradas para montar uma equipe multidisciplinar?

Realmente, não é uma coisa simples montar uma equipe multidisciplinar, com diversos profissionais, de diferentes áreas da saúde. É papel do gestor da clínica captar estes profissionais no mercado e, para isso, ter um bom Diretor Técnico e uma estrutura adequada que passe segurança aos profissionais é fundamental.

Visto isso, o próximo passo é divulgar a clínica, mostrar que chegou no mercado local, o que acaba atraindo profissionais. Isso permite que se vá montando a equipe aos poucos, pois, às vezes você tem a procura pela especialidade, mas não tem o profissional; outras vezes, se tem o profissional de uma especialidade que não tem demanda.

Então, para encaixar esse processo, é preciso muita estratégia e muita visão do mercado local. Acredito que seja uma das maiores dificuldades para quem está montando uma clínica nova: encaixar a demanda de pacientes com a oferta de médicos.

Vimos a formação de grandes grupos neste segmento, como Dr. Consulta, e a pulverização local, ainda que regional, desse Modelo. Quais os principais desafios para uma eventual consolidação diante, por exemplo, da forte concorrência no segmento?

Em todo mercado tem concorrência. Se você tiver medo de concorrência, não abre negócio em nenhum lugar do mundo, em nenhum país, nem no Brasil, nem em Salvador, enfim…

Temos que estar prontos para abrir o nosso negócio e trabalhar prezando pela qualidade. Deve-se pensar sempre em atender o paciente da melhor maneira possível. É importante se lembrar, também, do paciente enquanto cliente. Ele deve pagar um preço justo pelo serviço prestado, para que retorne sempre. Assim, nós podemos crescer e expandir nosso negócio, seja através de franquias, seja através de novas unidades, etc.

Essa é a nossa visão aqui na Clínica Facilita: crescer com qualidade, de forma sustentável para nos consolidarmos no mercado aos poucos.
Não temos medo de concorrência, pois isso faz parte de qualquer mercado aberto e acredito que esse formato de negócio tenda a se consolidar nesse mercado de clínicas. Pretendemos e esperamos,ser um dos players desse novo mercado.

Então, vocês estão abertos a franquear?

Sim, temos interesse em franquear. Estamos nos estruturando para que isso já possa ocorrer a partir do segundo semestre de 2017. Já há empresários interessados em conversar a respeito. Porém, só teremos mais detalhes do processo a partir do próximo semestre, quando já estivermos mais estruturados, uma vez que um negócio de clínicas é muito complexo e os procedimentos tem que estar muito amarrados.

Qual a importância do Marketing na estrutura de custos para iniciar e manter rodando um negócio desse tipo?

Um bom planejamento de Marketing é fundamental para o início de qualquer negócio, independente do segmento. Na área de Saúde não é diferente. Por muitos anos, talvez a questão do Marketing na área de Saúde tenha sido um pouco negligenciada por conta dos planos de saúde, que eram a grande fonte de clientes para uma clínica recém criada. Hoje em dia, já não é mais assim. Por isso, é imprescindível ter um bom plano de Marketing, criar uma boa marca ou ter uma boa marca por trás, como por exemplo, a da Clínica Facilita.

Essa marca que nós temos demandou um custo alto e muito trabalho para ser denvolvida. As pessoas não tem noção do quanto é trabalhoso criar uma marca consistente, colocá-la no mercado e fazer com que as pessoas conheçam e tenham contato com ela. Então, o Plano de Marketing é fundamental, desde a contratação de uma agência de publicidade para a criação da marca, a escolha das mídias que você vai utilizar para divulgar, o investimento que você vai fazer em cada mídia, porque o retorno de cada mídia é diferente…

No início você não tem escala, então usar mídias mais pulverizadas como rádio ou TV acaba não trazendo o volume necessário versus o que se investiu. É preciso ser uma coisa muito bem pensada, e que às vezes o empreendedor na área de saúde, principalmente quando não tem experiência no segmento de varejo, acaba tendo dificuldade ou investindo muito e não tendo retorno, ou mesmo investindo aquém do necessário para fazer com que o negócio tenha o movimento necessário para girar sozinho.

O que foi determinante na escolha do software para o grupo?

Nós pesquisamos muito e vimos os diversos Softwares do mercado. Avaliamos diversos fornecedores na Bahia e em São Paulo, e optamos pelo Saúde Vianet porque, na minha visão, ele é o Software que melhor atende ao nosso estilo de marcação, tem o aspecto visual mais confortável, mais facilidade na importação de dados, facilidade de manuseio por parte da equipe e, sem dúvida, o maior potencial de desenvolvimento tecnológico.

Existiam softwares mais antigos no mercado e mais caros. Mas optamos por aquele que entendemos como parceiro, capaz de crescer junto conosco, agregando cada vez mais novas opções e funcionalidades no software de acordo com a nossa necessidade – e é o que vem acontecendo nesses 6 meses de operação, o software vem evoluindo juntamente com a clínica.

Como você cuida da comunicação com os seus pacientes?

Nós temos uma agência de publicidade que cuida da nossa comunicação e cria nossas peças – tanto as que rodam em nossas TV´s internas, quanto as que vão para o mercado. Obviamente, tudo ocorre com meu acompanhamento, que sou o gestor e, por isso, é meu papel pensar na estratégia, junto com a agência, para podermos comunicar ao mercado.

Também utilizamos o telemarketing, utilizando a base de pacientes que fomos criando ao longo da evolução do negócio, SMS e emails, que são ferramentas que já estão disponíveis no Saúde Vianet.

Uma clínica popular tem um fluxo de pacientes muito alto. Como a sua recepção consegue organizar o alto fluxo de agendamentos e ainda dar conta do atendimento aos pacientes?

Esse é um ponto, de novo, importantíssimo não só para clínicas, mas para qualquer negócio: sem controle não há gestão, e se você não faz a gestão do seu negócio, naturalmente, você não vai ter sucesso. Uma coisa deriva da outra.

Você precisa controlar custos, as receitas, a curva de quais médicos estão produzindo mais, quais especialidades são mais procuradas, quais são as maiores despesas da sua clínica, de onde vem o seu cliente, qual o perfil do seu cliente, etc.

Isto é, um somatório de informações que, se não forem tratadas pelo gestor, as chances de se obter sucesso em qualquer negócio – não só em clínicas – é muito pequena.

E o mundo está cada vez mais complexo, você precisa ter indicadores sempre à sua mão, de forma fácil, de visão simples, para você poder monitorar o seu negócio, orientar a sua equipe e conquistar cada vez mais clientes.

Como você faz para organizar as informações dos pacientes? E os documentos produzidos nas consultas?

Minha organização é pautada numa geração mínima de papel.Os laudos e as receitas são levados pelo paciente. Já as solicitações de exames, nós as guardamos por alguns meses, muito mais para efeito de arquivo e controle dos pacientes, o que gera muito pouco documento físico.
No entanto, guardamos uma versão impressa de alguns poucos relatórios do negócio, como por exemplo, de faturamento e despesas. Conduzimos dessa forma porque não faz sentido acumular papel, em pleno século XXI, a menos que seja realmente necessário.

Para dar conta de tudo, é necessário muita organização. Como otimizar a gestão de tantas informações, mantendo uma equipe o mais enxuta possível sem perder a qualidade e a confiabilidade das informações?

Isso varia muito com a experiência do gestor. Você tem que manter a sua equipe organizada, manter seus controles em dia, ter os procedimentos operacionais corretos, afinal, estamos falando de clínica, de saúde das pessoas.

Para a equipe de recepção conseguir dar conta da quantidade de movimento da clínica, atendimento telefônico, conferência de agendamento online, recepção na porta, suporte aos médicos que podem precisar de alguma coisa, etc., é, realmente, muita coisa ao mesmo tempo. Para mim, o mais importante é padronização do atendimento e, treinamento da equipe.

Se você não tiver um treinamento padrão para a sua equipe, se você não orientar como o atendimento deve ser feito as coisas se embolam, a equipe não prioriza o que deve ser feito e acaba que o paciente sente isso durante a confusão que vira a recepção com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo.

Então, o Software vem muito para ajudar: uma vez que ele é fácil de ler e fácil de mexer, acaba economizando tempo da equipe para que ela possa se dedicar melhor ao atendimento ao público.

Se você perde muito tempo com o software, acaba não tendo tempo para se dedicar ao que é mais precioso para o seu negócio: o seu cliente.


POSTS RELACIONADOS


Case de Sucesso com Plano de Relacionamento Saúde Vianet

Mais de 200 atendimentos com apenas R$200 de investimento: Saiba como

Neste artigo iremos compartilhar um impressionante case de sucesso do uso do nosso Aplicativo de Marketing. Assim, você saberá como o nosso cliente montou o seu plano de relacionamento para gerar mais de 200 atendimentos com apenas R$200 investidos.

REGRA #1: O “momento-chave”

Enviar mensagens institucionais, mensagens com ofertas de benefícios ou descontos, mensagens divulgando novos procedimentos, etc.

São várias as possibilidades de estratégia e é muito importante que todas elas sejam utilizadas. Mas, quando se trata de gerar mais agendamentos, não é tão simples assim.

Para se gerar mais resultados a partir de uma campanha de marketing, é preciso que a mensagem seja muito efetiva, a ponto de mobilizar o seu paciente a entrar em contato com a sua clínica e agendar um novo atendimento. Para que isso aconteça, é preciso que o paciente esteja aberto a receber a comunicação. Esse momento especial, no qual o paciente está mais propício a abrir mensagens, chamamos de momento-chave.

Case de sucesso
No caso do nosso cliente, ele enviou uma mensagem para as suas pacientes no Dia Internacional da Mulher. Podemos dizer que ele escolheu um momento-chave porque, nessa data, as pacientes já esperam ser homenageadas nessa data e se sentem bem com isso. Desse modo, a taxa de abertura das mensagens tende a ser muito maior do que num momento qualquer.

REGRA #2: A “oferta irrecusável”

É importante aproveitar o envio de uma mensagem para ofertar um benefício a seus pacientes. Mas isso só vale, é claro, se a estratégia soar natural. E não pode ser qualquer oferta. Tem que ser um benefício que ninguém em sã consciência recusaria.

O nosso cliente aproveitou a homenagem que já iria enviar para as suas pacientes no Dia da Mulher e apresentou-lhes um ótimo benefício válido durante todo o Mês da Mulher.

– RESUMO DA ESTRATÉGIA
  Ele enviou uma oferta irrecusável em momento-chave.

– RESULTADO OBTIDO
  A campanha foi enviada para 3160 pacientes.
Foram investidos aproximadamente R$200
Foram agendados mais de 200 novos atendimentos em decorrência da campanha
A receita total dos novos agendamentos foi acima de R$18.000

Que números impressionantes! E como eu faço para ter um ótimo resultado com um plano de relacionamento?

Simples! Converse com um de nossos consultores e saiba como funciona! Caso ainda não tenha um cadastro no Saúde Vianet, é só fazer o seu rapidamente neste link.

O Dia da Mulher é apenas um dos momentos-chave do Plano de Relacionamento do nosso cliente. Ele já deixou tudo preparado em nosso Aplicativo de Marketing e não precisa fazer mais nada, pois as mensagens serão enviadas nas datas e horários que ele já programou.

E ele ainda fica sabendo se a campanha foi efetiva ou não por meio de um relatório inteligente fornecido pelo nosso sistema.

Por isso, preparamos um Plano de Relacionamento com 6 campanhas de EMAIL e SMS, completamente configuradas para você enviar para os seus pacientes. Basta alinhar com o nosso consultor os detalhes que você deseja personalizar.

O plano contém:

  • 6 Campanhas prontas (aniversário, retorno de 3 e 6 meses, Natal, Ano Novo e Dia das Mães)
  • 1 Campanha personalizada, com o momento-chave que você escolher
  • 1000 SMS para você usar em suas campanhas
  • Consultoria de 1h para ajustar o Plano de Relacionamento ao seu público
  • Relatório inteligente para mensurar os resultados da campanhas

Experimente e compartilhe conosco os seus resultados. Ficaremos contentes em poder contribuir para o seu sucesso!


POSTS RELACIONADOS


SMS ou Whatsapp

SMS ou Whatsapp? Os 5 pontos definitivos para saber qual o melhor para se comunicar com os seus pacientes

SMS ou WhatsApp? O que é melhor na hora de se comunicar com os seus pacientes?

Este artigo trata de situações comuns no cotidiano da clínica, que vão além das rotinas de gestão da agenda.

Ou seja, não estamos nos referindo às mensagens de confirmação ou desmarcação de agendamentos, mas sim das situações de envio de mensagens em massa, ou seja, para vários pacientes ao mesmo tempo.

Podem ser situações do tipo campanhas de estímulo ao retorno, homenagens em datas especiais, felicitações e bons votos em datas comemorativas, avisos de eventos, período de recesso, mudança da programação da clínica, campanhas de vacinação, prevenção de doenças, etc.

E é, justamente, nessas situações em que você se pergunta qual dos dois é o melhor canal.

Como esta pergunta, parece menos óbvia, a princípio, você se faz perguntas relacionadas, como por exemplo, o que eu prefiro usar, SMS ou o WhatsApp?.

Essa pergunta já fica um pouco mais fácil de responder pois, assim como muitos gestores de clínicas, você deve receber de seus pacientes o feedback de que eles não leem muito os SMS, mas estão sempre olhando o Whatsapp.

Diante disso, parece – e apenas parece! – que aplicativos como o WhatsApp são sempre a melhor opção.

Afinal, você e as pessoas do seu meio já mudaram seus hábitos, enviando pelo WhatsApp todo tipo de mensagens antes enviadas por SMS, antes da era do smartphone.

“Pronto, simples assim! Já posso dizer que ninguém usa mais SMS hoje em dia e, portanto, está fora de cogitação nas minhas campanhas”

Em outras palavras: agora você já tem motivos suficientes para bater o martelo e sentenciar o SMS ao calabouço das tecnologias obsoletas, certo?

NÃO, NECESSARIAMENTE !

Esse artigo se propõe a mostrar outros vieses que podem contribuir para decisões mais seguras sobre qual o melhor canal para disparar uma campanha de mensagens para os seus pacientes.

Afinal, decisões seguras avaliam diversas perspectivas e fogem um pouco da lógica binária e excludente do “se um é melhor e deve ser conservado, o outro é ruim e deve ser eliminado”.

Comecemos então, a desenovelar o tema, trazendo-o para um plano de raciocínio mais objetivo.

#1 | Política de uso

Logo no primeiro ponto, fazemos questão de salientar que usar o WhatsApp para marketing, enviando mensagens em massa por meio de um sistema integrado ao mesmo, é proibido pelos Termos de Uso do próprio Whatsapp.

Portanto, para todos os outros pontos, consideramos o envio em massa usando o próprio aplicativo, a partir de dispositivos móveis.

Infográfico Grátis datas comemorativas Saúde Vianet

#2 | Possibilidade de segmentação

Quando se trata de datas comemorativas, ok, basta criar uma lista de transmissão para toda a base de pacientes e está tudo ok.

Entretanto, tomemos um exemplo mais específico:suponha que você vai começar a atender um determinado procedimento estético em sua clínica, muito procurado por mulheres de 30 a 55 anos. Você acabou de adquirir o equipamento necessário e precisa comunicar a novidade.

Sabemos que, se você ficar mandando mensagens promocionais a esmo, é provável que o seu paciente ignore quando você finalmente enviar uma mensagem que seja do interesse dele. Por isso, é imprescindível saber exatamente quem deve e quem não deve receber a mensagem.

Sendo assim, usando o Whatsapp, como você faz para mandar esta mensagem para o público-alvo exato, ou seja, para o grupo de pacientes com probabilidade mais alta de responder à sua campanha agendando esse procedimento estético?

Outro exemplo clássico, e ainda mais ilustrativo: você precisa enviar mensagens estimulando o retorno de todos os pacientes cujo último atendimento foi há 6 meses para manter em dias os cuidados com a saúde.

Assim, temos pelo menos 2 problemas básicos com o Whatsapp:

  1. Imagina o trabalho que dá selecionar na lista de contatos, uma por uma, apenas quem é do sexo feminino

  2. Das mulheres selecionadas, imagine ter que verificar no sistema quais delas tiveram o último atendimento realizado há 6 meses

  3. Se você for bem rápido, depois de perder pelo menos belíssimos 45 minutos de seu precioso tempo com as etapas anteriores, imagine perder mais meia hora filtrando as que tem entre 30 e 55 anos.

Por isso, é recomendável o uso do SMS Marketing para essas finalidades, já que essa tecnologia pode ser integrada a softwares de terceiros para fazer essa segmentação de forma automática para você.

Ferramentas de marketing como a do Saúde Vianet são perfeitas para isso, pois já tem a lista de contatos integrada com o cadastro de pacientes da clínica.

E, como vimos, no artigo que mostra o quão viva é a estratégia do SMS Marketing, o cadastro é a sua ferramenta mais poderosa, justamente por te permitir essa segmentação. 

#3 | Cobertura

Muita atenção para este item. Apesar de a popularidade do segundo estar crescendo num nível alucinante (saiu de 29% em 2013 para impressionantes 80% em 2016!), o bom e velho SMS tem a vantagem de não se limitar aos smartphones.

Ou seja, além de não alcançar os 20% dos aparelhos que não rodam o aplicativo, o Whatsapp não alcança 15% dos smartphones que, simplesmente, não tem o aplicativo instalado.

Já o SMS, é um recurso nativo de absolutamente TODOS os celulares, independentemente do sistema operacional, desde os modelos mais simples até os modernos iPhones. Isso representa um alcance muito maior do que qualquer aplicativo.

#4 | Tecnologia de envio das mensagens

Ponto para o SMS outra vez! Afinal, para enviá-los, é preciso apenas ter uma cobertura telefônica, independente de internet. Isso significa outra vantagem importante: o destinatário receberá o SMS antes da mensagem por Whatsapp se estiver em um local sem internet.

A propósito, o uso do app dependerá do acesso à internet do usuário, por uma rede Wi-Fi ou por um pacote de dados móveis.

#5 | Formatos permitidos

WhatsApp e similares, como Facebook Messenger, Telegram, Viber, Hangouts, Allo, etc., são o que há de mais recente no mercado de mobile messaging (ou mensagens via móvel).

Admitem mensagem mesclando recursos em diversos formatos, como texto, imagem, áudio, ou vídeo com facilidade. E o texto pode ser do tamanho que o usuário quiser, não há limite de caracteres. E tudo isso, apenas com o uso da internet.

O SMS, neste quesito, é muito mais limitado – e não mudou muito desde que foi criado. Só permite curtíssimas mensagens de texto de, no máximo, 160 caracteres.

Entretanto, isso faz com que as campanhas de SMS sejam muito mais objetivas, não se perde muito tempo elaborando material. Tudo isso faz da solução ainda muito útil para quem sabe otimizar e fazer milagre utilizando pouco espaço.

>> PONTO EXTRA

Quando se trata de uma campanha de marketing, é necessário pensar numa forma de garantir que, por mais que a maior parte das pessoas do nosso convívio usem o Whatsapp, não há uma UNANIMIDADE no seu uso. Falamos acima do crescimento assombrosamente rápido da base de usuários do Whats, mas ainda existem outros aplicativos, como Telegram, Viber, Allo, Hangouts, etc. que, embora utilizados numa escala bem menor, acabam dividindo o mesmo espaço. Ou seja, em casos esporádicos, alguns destinatários estarão utilizando um dos aplicativos menos utilizados.

Desse modo, podemos concluir que campanhas de mensagens pautadas no uso de aplicativos de smartphone não garantem que todo o público irá receber a sua comunicação.

Conclusão

Há, sem dúvida, uma disputa por espaço entre os dois canais de mensagem. Entretanto, isso não torna obrigatória a escolha de um em detrimento do outro. No final das contas, cada um tem suas vantagens e desvantagens, e acabam servindo para situações e a mercados diferentes.

Em se tratando de clínicas, SMS e Whatsapp estão longe de serem concorrentes.

Você tenderá a ter resultados muito melhores com o uso combinado das duas estratégias. Cada ferramenta contribui com as suas características. O SMS, com seu alcance bem maior e poder refinado de segmentaç, por diversas razões, e o Whatsapp com os seus conteúdos multimídia.

A comunicação que combina vários meios diferentes garante um relacionamento com diferentes perfis de clientes, com diferentes comportamentos de uso de tecnologia.

E isto, inevitavelmente, se reverte em uma maior gama de pacientes impactados pela sua comunicação e com maior probabilidade de sentirem um atendimento atencioso, humano e de qualidade.

Para saber mais, é só chamar no chat ao lado ou deixe um comentário aí embaixo.

Infográfico Grátis datas comemorativas Saúde Vianet

 


POSTS RELACIONADOS