Marketing médico poderoso e sem gurus: estratégias que estão ao seu alcance.

Marketing médico poderoso e sem gurus: estratégias que estão ao seu alcance.

Estamos na segunda década dos anos 2000, você também sente que o tempo passa rápido? A questão aqui é que à medida que isso acontece, os cenários vão mudando e a gente sempre precisa se adaptar.  A atual Pandemia do Coronavírus não nos deixa dúvidas do quão verdadeiro é este chavão, que chegou acelerando de sobremodo a forma de atuação dos profissionais de saúde e sua relação com os pacientes. 

O tema deste conteúdo é o marketing médico, porque as mudanças também têm que ocorrer com o nosso jeito de encarar os negócios, tendo em vista que os hábitos de consumo estão se transformando diante dos nossos olhos. 

Hoje a gente veio te convidar a enxergar o seu paciente com um outro ponto de vista: encare-o enquanto consumidor! Não se trata de seguir fórmulas prontas, ou de investir pesadas quantias em redes sociais, se tornar o mago do instagram, não é nada disso. 

Nossa conversa vai ao encontro de estudos recentes que mostram que o consumidor atual tem demandado uma relação de mais autenticidade e atenção, e para tal, a gente precisa ter uma comunicação personalizada e direcionada.  Nesse sentido o convite é para que conheça poderosas ferramentas que funcionam e são de fácil mensuração ou quantificação do resultado frente ao valor investido. 

Atendimento de excelência é uma das etapas do marketing médico. Na imagem, um médico e um paciente se cumprimentando.

Seja você um(a) médico(a) com consultório próprio ou esteja você à frente de clínicas dos mais diversos tipos, das odontológicas, passando pelas de especialidades gerais até as estéticas, saiba que:

Ícone representando o cuidado com o paciente através da gestão do marketing médico.

Gestão e Marketing Médico, quando caminham lado a lado, são capazes de transformar a realidade dos negócios, aumentando a carteira de pacientes (consumidores!) através do relacionamento humanizado!

 

Portanto, diante do cenário cada vez competitivo em que estamos, com a grande quantidade de clínicas e consultórios, concorrência é cada vez mais estimulada, e quem procura estratégias para se destacar sai à frente! 

Sem mais delongas…

O que é marketing médico?

O marketing médico é o conjunto de estratégias pensadas e executadas com o objetivo de mostrar valor sobre o seu serviço para o seu público, ou seja, seus pacientes. Ele pode ser pensado em três etapas fundamentais:

  • Atração de novos clientes
  • Recepção e atendimento
  • Ações de pós-atendimento visando um alto nível de satisfação

Não podemos esquecer que esta é uma área muito mais sensível e que, mesmo encarando o paciente como um consumidor, devemos ter o cuidado de jamais comunicarmos de maneira promocional ou exaustiva…

MARKETING NA SAÚDE = CUIDAR DO OUTRO COM ATENÇÃO

Entretanto, podemos e devemos enxergar isso com um olhar cada vez mais estratégico e até mesmo empreendedor, uma vez que o aumento do faturamento é, quase sempre, o objetivo final (e não há mal nenhum nisso!).

Médica fazendo pose de forte, ilustrando um sucesso na estratégia de marketing médico.

Portanto, utilize o marketing médico (também conhecido como CRM médico) de forma a posicionar o seu negócio, apresentando-o para as pessoas da maneira como você gostaria de ser conhecido, atingindo as pessoas certas com a mensagem certa, criando valor na percepção das pessoas.

Para isso, é fundamental que você responda uma pergunta: qual o seu público-alvo? Ou seja, qual o perfil das pessoas que você deseja atingir? 

Uma vez que você delimitar isso, poderá se questionar coisas como:

  • Qual será o tom da minha comunicação no marketing médico?
    Por exemplo: posso partir para algo mais jovem e dinâmico, ou devo manter um tom sério e tradicional?
  • Quais são as dúvidas dessa pessoa em relação ao meu serviço/negócio/estabelecimento?
    Por exemplo: especialidades oferecidas, capacitações, horário de funcionamento, tipos de exames e seus objetivos, importância do checkup e por aí vai…
  • Quais outras características desse público eu posso explorar com o marketing médico?
    Nem sempre você precisa comunicar algo relacionado ao seu serviço, você também pode dar, por exemplo, dicas de bem estar, alimentação, entretenimento etc., tudo dependerá do seu perfil de público.

Diferentes ilustrações de personas do marketing médico.

Então, quando você conseguir responder ao questionamento sobre qual é o seu público alvo, significa que você poderá também ser mais estratégico, uma vez que um planejamento de ações pensado para alguém é muito mais assertivo que algo genérico.

Se quiser ir ainda mais além, assista ao vídeo abaixo sobre a criação de personas no marketing:

 

Portanto, a importância do marketing médico é:

Estabelecer uma relação de credibilidade e valor entre os médicos ou clínicas e o seu público, através de estratégias que posicionem o negócio na mente do consumidor, passando a imagem e os valores desejados para um público específico.

Qual o melhor método do marketing médico para quem quer ter mais pacientes?

Se algum dia você procurou pelas alternativas tradicionais de propaganda, como anúncios em revistas, jornais, televisão e outdoors, já sabe o quanto é caro e inconsistente investir nestes meios. 

É claro que não podemos ser genéricos, afinal dá muito certo para grandes varejistas e alguns outros determinados segmentos. Entretanto, a saúde é algo que requer algo mais humanizado e diferenciado, não acha?

Além do mais, este tipo de investimento tradicional não nos traz certeza quanto ao custo x benefício, uma vez que é quase impossível metrificar os resultados e o real impacto daquilo na consciência das pessoas.

Por outro lado, qual peso você dá a algo quando alguém lhe indica? Muito, não é? Afinal, nada com mais credibilidade do que a opinião de alguém, sobretudo quando você conhece e confia no julgamento desta pessoa.

Nesse sentido, o marketing médico de relacionamento entra como uma importante ferramenta para não apenas fidelizar e conquistar ainda mais os seus atuais pacientes, mas também de verdadeiramente torná-los o que chamamos de “promotores de marca”.

Mulher simulando estar ouvindo um segredo, ilustrando a relação de confiança criada com o marketing médico.
Close up portrait of a young curious girl trying to hear rumors isolated over white background

Ou seja, as pessoas se sentem tão amparadas e bem cuidadas pela sua marca (e a sua marca, leia-se o seu nome enquanto profissional ou a sua clínica/o seu consultório), que passam a recomendá-lo espontaneamente para amigos, conhecidos e familiares. 

Portanto, saiba mais sobre este que, para nós, é um dos mais potentes e eficientes métodos para aumentar a fidelização da sua atual clientela e também para conquistar novos clientes, sobretudo na mão de pessoas estratégicas e com o mindset voltado para o crescimento do negócio.

Marketing médico de relacionamento: certeiro e eficiente.

As ações do marketing médico de relacionamento são pensadas de modo a criar uma relação de amizade e até mesmo intimidade, conversando com o seu paciente (consumidor, se lembra?) de modo a deixá-lo interessado pela sua comunicação.

Mulher feliz ao receber um sms direcionado para ela através do marketing médico.

Se ele estiver interessado pelo que você tem dito a ele, significa que ele gostará quando receber um e-mail ou um SMS seu (ao contrário de tantos que recebemos e sequer visualizamos, não é?), e se isso acontecer, significa também que você conseguiu conquistar o seu espaço na mente e no coração desse paciente.

Nesse sentido, para criar esse interesse é necessário aquilo que já mencionamos: saber com quem está falando, para saber o que falar. Não tem erro!

Benefícios do marketing médico de relacionamento

Através de suas diferentes possibilidades, os benefícios dessas estratégias de marketing médico são inúmeros. Pegamos o nosso sistema médico, que é super completo (e está com teste grátis!), como base e vamos listar abaixo alguns dos benefícios que consideramos mais importantes, acompanhe conosco e surpreenda-se:

Marketing médico trás boa reputação na rede.Fidelize os clientes e seja prioridade para eles: com a comunicação mais direcionada e pensada especificamente para determinado público, os pacientes têm uma sensação de pertencimento e tendem a priorizar o médico/consultório ou a clínica em uma necessidade futura.

Automação com o marketing méAgrupe os seus clientes de acordo com seus critérios: crie grupos específicos de clientes com base em diferentes critérios disponíveis no sistema, como: sexo, data de nascimento, procedimento realizado na última consulta e muito mais! Isso garante uma mensagem direcionada e assertiva.

Evio de emails marketings automatizados com o marketing médico,Automatize envios para estes grupos específicos: monte um planejamento de envios (e-mails e SMS) de acordo com os grupos de pacientes e não perca tempo com trabalhos manuais desnecessários. Poupe tempo para o que realmente importa: pensar estrategicamente!

Dashboards e análises com o marketing médico.Analise o desempenho das ações para traçar estratégias cada vez mais assertivas: observe em relatórios e indicadores, por exemplo, qual foi o seu e-mail que mais teve aberturas e cliques, assim você saberá o que está dando certo para poder replicar! Vamos muito além. Cruzamos as informações das campanhas (email e telefone)  com os agendamentos resultantes e mostramos qual foi o seu retorno financeiro imediato, no espaço de 1 dia, semana e mês. 

Visualize dados das campanhas através de relatórios do marketing médico,

Prancheta.Faça disparos em massa e economize tempo: nunca mais perca tempo ligando de paciente em paciente quando um imprevisto ocorrer. Com o envio de mensagens em massa, você avisa a todos de uma só vez e ainda mantendo a pessoalidade com o uso de variáveis personalizadas. Marketing médico também é sinônimo de praticidade! 

Público-alvo.Tenha mais consultas marcadas e menos faltas: programe mensagens para lembrar o paciente da consulta marcada ou até mesmo de marcar uma nova consulta. O cliente que recebe a mensagem certa, no tempo certo, tende inclusive a ser mais pontual!

Automações com o marketing.Possibilidade de integração total para ações ainda mais estratégicas: o nosso sistema permite integração total ao prontuário eletrônico do paciente, ao controle financeiro e à agenda médica, assim você pode agrupar pacientes de acordo com características como: marcações na próxima semana, pacientes que realizaram determinado procedimento ou até mesmo pacientes que estão inadimplentes.

Crie públicos personalizados através do marketing médico.

Dicas para o marketing médico de relacionamento ser inovador e diferenciado 

É aqui que a estratégia entra em campo!

Estratégias de marketing médico.

Envie e-mails e SMS para os seus pacientes e construa um relacionamento duradouro através do marketing médico

Não basta enviar e-mails para lembrar das consultas, um marketing médico de relacionamento se faz com um diálogo constante e sobre diversos temas, confira as nossas dicas sobre e-mails que podem fazer sentido para o seu público:

  • Mensagens em datas comemorativas: vá além do mero “feliz dia da mulher!”, que tal trazer curiosidades sobre as datas comemorativas ou qualquer outra informação relacionada que surpreenda e fuja do óbvio?

Emails marketing em datas especiais para os pacientes.

  • Faça conteúdos institucionais e deixe o seu paciente mais íntimo: que tal compartilhar imagens de um evento interno de treinamento, ou até mesmo contar um pouco sobre você e seus funcionários? Esse tipo de conteúdo aproxima as pessoas e causa a sensação de pertencimento.
  • Faça pesquisas de satisfação, isso também é marketing médico: crie um modelo de pesquisa de satisfação no qual o seu paciente poderá avaliar diversos fatores, desde a recepção, passando pela estrutura física, até mesmo a qualidade do seu atendimento. Essas pesquisas são fundamentais para entender a percepção de valor do cliente, identificar possíveis melhorias e buscar um aperfeiçoamento constante. É importante também deixar um espaço em aberto para que ele possa opinar livremente sobre o que quiser, às vezes disso surgem boas sugestões! 
  • Personalize o seu e-mail com banners no topo e uma assinatura diagramada: isso dará um tom mais profissional e atrativo, as pessoas adoram! Indicamos o Canva para a criação das artes gráficas, lá você encontrará vários modelos já prontos, além de ser gratuito! Confira os exemplos abaixo:

Assinatuda de email marketing de médico.

Assinatura de e-mail.

Email marketing como exemplo para médicos.

E-mail marketing com banner personalizado no topo. Fonte: Resultados Digitais.

Utilize um software para médicos e potencialize o seu poder estratégico através de integrações inteligentes! Clique e saiba mais!

Teste Grátis o sistema médico da Saúde Vianet por 15 dias e coloque em prática uma estratégia de marketing médico agora mesmo!

Os pilares do nosso software médico são o fato dele ser absolutamente completo e integrado, além de fácil de usar. Levamos isso muito à sério, porque temos como missão o uso da tecnologia na saúde de forma simplificada para usuários através do desenvolvimento de soluções inovadoras para todos os envolvidos no processo: médicos, pacientes, clínicas, convênios etc.

Queremos tornar a tecnologia na medicina acessível a um número maior de usuários, a fim de levar os seus benefícios ao maior número de pessoas que for possível. Temos compromisso com a entrega de valor aos nossos clientes, por isso investimos em um suporte que além de qualificado, é humano e disponível.

Temos tanta certeza da eficiência do nosso sistema, que oferecemos um período de teste grátis sem a solicitação de dados de pagamento. Transparência para você experimentar e só permanecer se estiver satisfeito com os resultados! Coloque o marketing médico em prática agora mesmo!

Visite o nosso site e entre em contato com o nosso time para tirar qualquer tipo de dúvida que possa vir a ter. Será um grande prazer iniciar esse relacionamento 💙

Quem se interessou por esse artigo também leu:


Saiba por que um software médico é tão importante para negócios que querem crescer

Saiba por que um software médico é tão importante para negócios que querem crescer

A área da saúde, apesar de ser bastante tradicional em alguns aspectos, vêm dando passos largos no aproveitamento dos avanços tecnológicos em função do aprimoramento das mais diversas questões, é aí que o software médico tem entrado em cena!

Nesse sentido, são várias frentes que têm se aproveitado dos benefícios da adoção de práticas inovadoras, desde a facilitação no acesso a ferramentas cada vez mais precisas para diagnósticos, até o uso de sistemas especiais para médicos e clínicas, que traz mais eficiência a diversas atividades da rotina.

Percebemos que muitos médicos e gestores de clínicas ainda não têm a visão do quanto a implementação de um sistema médico pode ser próspera para o seu negócio, por isso elaboramos este conteúdo.

Nos acompanhe até o final para ter uma visão ampla, direta e explicativa sobre todos os principais aspectos que envolvem o tema. Boa leitura!

O que é um software médico?

Um software médico é uma plataforma que centraliza informações e funcionalidades a fim de promover mais eficiência na rotina dos atendimentos médicos. Ele oferece ferramentas que trazem transformação digital no atendimento, na gestão financeira, no relacionamento com pacientes etc.

Software médico é uma plataforma que integra diversas ferramentas facilitadoras

 

Softwares médicos auxiliam também na coleta, no armazenamento e até mesmo na análise de dados clínicos. Desse modo, há um grande ganho de produtividade quando se deixa de gastar tempo em atividades manuais desnecessárias, assim é possível investir mais energia em atividades estratégicas.

Para Clínicas

Os softwares médicos promovem uma verdadeira revolução quanto a centralização de processos em clínicas, permitindo uma visão objetiva e em tempo real sobre agendamentos, dados dos pacientes, disponibilidade do corpo clínico através das diversas especialidades, etc.

Confira oito características de um bom sistema de gestão de clínicas!

Para médicos e médicas

Existe também a versão do software médico para a organização de médicos executivos, que atuam como donos do seu próprio negócio. 

Para estes profissionais, um sistema assim é um verdadeiro divisor de águas, sendo um fator de diferenciação entre médicos bem sucedidos que têm uma visão empreendedora e os mais tradicionais que ainda são resistentes a esses avanços. 

Geralmente estes últimos tendem a ser superados pela concorrência!

Na prática, por que ter um software médico?

Prometemos que traríamos de maneira ampla, direta e explicativa os principais aspectos que mostram como a implementação de um software para médicos pode trazer benefícios e prosperidade ao seu negócio. 

Sendo assim, confira abaixo 7 motivos para considerar a adoção de um sistema assim o mais rápido possível:

  • Gestão centralizada que traz resultados em diversos âmbitos

Uma gestão verdadeiramente eficiente pressupõe o controle sobre diversas áreas, do financeiro ao contábil, do atendimento à fidelização de clientes e por aí vai…

Um software médico permite a centralização dos mais diversos tipos de informações em painéis distintos, de dados cadastrais até o fluxo de caixa, inclusive permitindo análises sobre os dados, como a do capital de giro do negócio.

Informações dispostas em uma plataforma única permitem, por exemplo, a visualização dos compromissos dos diferentes profissionais de uma clínica em tempo real. É possível também o acompanhamento de toda a jornada do paciente, possibilitando um atendimento mais assertivo e personalizado.

Com um software médico a gestão financeira do seu negócio fica muito mais descomplicada e transparente!

Em termos de gestão, ferramentas como essa garantem condições ideais para negócios que querem ir além, profissionalizando o serviço de ponta a ponta, assim abrindo espaço para um crescimento sólido e constante.

  • Uso fácil e intuitivo: software médico não é um bicho de sete cabeças!

Os softwares médicos têm o objetivo de trazer mais produtividade e facilitação na rotina médica e clínica, sendo assim, seu uso é desenhado de forma fluida e intuitiva, afinal sabe-se que quem vai utilizá-los são médicos, gestores e atendentes, e não gerentes de tecnologia. 

Isso é algo que pode parecer óbvio, mas vale a pena ser frisado, porque percebemos que muitos têm o receio de não conseguirem se adaptar a ferramenta. Acredite, com dias de uso você já terá rompido essa barreira que parece ser assustadora, mas não é!

Não basta ser completo, entendemos que também é preciso ser adaptável a sua realidade e fácil de usar!

A maioria dos sistemas médicos estão hospedados na nuvem, ou seja, todos os dados estão salvos na internet, o que significa que você não precisará instalar dispositivos ou dispor de profissionais para a manutenção do software. Isso fica por conta da plataforma que você escolherá!

O armazenamento na nuvem é uma das grandes vantagens com a utilização do software médico
O armazenamento na nuvem é uma das grandes vantagens com a utilização do software médico
  • Prontuário eletrônico: benefícios que vão muito além do que se pensa.

O prontuário médico eletrônico traz uma imensa facilitação quanto ao acesso às informações de pacientes que se consultaram com você ou na sua clínica. São registradas informações como os dados pessoais, a evolução no decorrer das consultas, anamneses e toda a história do paciente.

Isso facilita muito o atendimento que acontece de maneira continuada, uma vez que elimina a possibilidade da perda de dados, diagnósticos e exames. Assim o médico consegue analisar o histórico do que ocorreu e também quando. 

Além desse benefício, é muito importante também frisarmos a questão social por trás dessa digitalização de informações, uma vez que essa coleta segura de dados permite uma visão mais precisa sobre a área da saúde como um todo, possibilitando inclusive uma pesquisa científica com base em dados cada vez mais assertivos tanto no olhar quantitativo, quanto no qualitativo.

Saiba mais sobre o Prontuário eletrônico do paciente (PEP) na prática!

  • Facilitação para o TISS

A Troca de Informações na Saúde Suplementar, ou TISS, passou a ser obrigatória para a troca de dados por meio digital entre os planos e convênios médicos, se tornando um importante passo para fortalecer o Registro Eletrônico de Saúde, o que diz respeito à questão social mencionada acima.

Com a utilização de um software médico, o preenchimento de guias de convênios e o gerenciamento de faturamentos e glosas são feitos de forma ágil e otimizada, e também é possível gerar arquivos XML com um clique na tela!

  • Facilidade no agendamento e no relacionamento com pacientes: praticidade todos os lados!

Essa é o primeiro benefício que vem na cabeça de quem lista os benefícios com a utilização de um software médico, afinal essa é uma atividade que demanda organização, logística e precisão. 

Com um sistema voltado à isso, além de toda a visão das marcações passadas, presentes e futuras, é possível também que pacientes marquem consultas de maneira autônoma, dispensando a necessidade dele entrar em contato com um atendente ou com o próprio médico.

Software médico traz facilidade em diversas atividades da rotina de um médico!

Além do ganho em produtividade e eficiência nos processos de marcação e desmarcação, funcionalidades como lembretes via e-mail e SMS para confirmação da consulta com os pacientes também estão dentre as mais requisitadas no cenário atual. 

É possível, inclusive, ir além e pensar em estratégias para verdadeiramente nutrir pacientes com informações relevantes para ele, como o envio de emails com conteúdos ou até mesmo felicitações no dia do aniversário deles. 

São fatores importantes para quem tem uma gestão que se preocupa também com o marketing médico voltado a fidelização dos clientes!

Assista o vídeo abaixo para ampliar os horizontes sobre o tema:

Confira dicas para ter uma sala de espera sem reclamações.

  1. Facilitação na oferta do teleatendimento

O atendimento remoto é um assunto que está em alta desde o agravamento da pandemia do coronavírus, temos um artigo super completo sobre a telemedicina (clique) que aborda o tema e nele você pode entender por que ela já merecia toda essa evidência mesmo antes da crise atual. 

Nesse sentido, um software médico entra como uma plataforma facilitadora para que você comece a realizar atendimentos à distância de maneira imediata. A telemedicina chegou para ficar e se tornou questão de tempo para que isso seja consolidado na área da saúde. Não fique para trás!

  1. Liberação de espaço físico e economia de materiais desnecessários (além do viés sustentável!)

O armazenamento de dados de maneira eletrônica faz com que o armazenamento físico dos dados de uma maneira geral se torne totalmente dispensável, grande benefício quando levamos em conta que o Conselho Federal de Medicina obriga a retenção de prontuários por, no mínimo, 10 anos.

Nesse sentido, há economia tanto na liberação do espaço físico que antes era ocupado com um amontoado de arquivos, quanto na necessidade de compra e utilização de papéis, impressoras, cartuchos, pastas, etc.

Seu bolso agradece e o planeta também!

Diante de tudo isso, qual o melhor software médico?

Existem funcionalidades fundamentais que devem ser observadas para que você tenha certeza da melhor performance possível na sua rotina, como a garantia na segurança dos dados e também a disponibilidade de um suporte qualificado e solícito.

Ainda assim, fatores como a integração total de recursos, o armazenamento online, a possibilidade de prescrição digital e a facilidade do uso, apesar de também serem óbvios, não são oferecidos por todas as opções disponíveis no mercado brasileiro.

O importante é pensar na sua rotina, nos processos prioritários que você deseja otimizar e nas possibilidades de funcionalidades que cada empresa possui. Quanto à isso, nos adiantamos para dizer que com a Saúde Vianet você pode contar sem medo de errar.

Conheça o software médico da Saúde Vianet

Os pilares do nosso software médico são o fato dele ser absolutamente completo e integrado, além de fácil de usar. Levamos isso muito à sério, porque temos como missão o uso da tecnologia de forma simplificada para usuários da área de saúde através do desenvolvimento de soluções inovadoras.

Queremos tornar a tecnologia acessível a um número maior de usuários, a fim de levar os seus benefícios ao maior número de pessoas que for possível. Temos compromisso com a entrega de valor aos nossos clientes, por isso investimos em um suporte que além de qualificado, é humano e disponível.

Temos tanta certeza da eficiência do nosso sistema, que oferecemos um período de teste grátis sem a solicitação de dados de pagamento. Transparência para você experimentar e só permanecer se estiver satisfeito com os resultados!

Visite o nosso site e entre em contato com o nosso time para tirar qualquer tipo de dúvida que possa vir a ter. Será um grande prazer iniciar esse relacionamento 💙

Quem se interessou por esse artigo também leu:


Como conciliar a maternidade e carreira na saúde.

Só quem é mãe sabe como é aquele aperto no coração na hora de ter que deixar o filho em casa pra ir trabalhar.

Se essa situação já é complicada quando se tem uma rotina definida, para as mães da área da saúde, com plantões incontáveis, consultas de emergência e cirurgias de última hora, o esforço de conciliar a carreira com a maternidade acaba sendo dobrado.

Perder datas importantes, ter que faltar a reuniões do colégio e ter que deixar os filhos doentes aos cuidados de outros é comum para mães que tentam conciliar a carreira com a maternidade.

As mães que trabalham fora acabam tendo que conciliar uma dupla jornada, equilibrando a vida profissional e a maternidade. Nesse cenário, a mãe pode achar que não vai dar conta, ou que vai prejudicar o desenvolvimento dos filhos.

A mulher muitas vezes se sente culpada, dividida, e ainda com as perspectivas atuais da política do nosso país, marcada com a instabilidade dos direitos trabalhistas e uma grande desigualdade profissional entre homens e mulheres, será que no final das contas é possível harmonizar a carreira com a maternidade?

 

 

Como conciliar a maternidade e a carreira na área da saúde

Por que a maternidade pode ser um desafio na carreira?

Se tornar mãe ainda é uma complicação para as diferentes profissões existentes tanto no mercado privado quanto no mercado público, e uma preocupação da maioria das mulheres que iniciam sua vida profissional.

Na raiz da questão está a divisão sexual do trabalho, expressão que representa a ideia de que existem funções “de mulher” e “de homem” na nossa sociedade.

Ser mãe, cuidar dos filhos e da casa são exemplos de atribuições socialmente femininas, enquanto fazer manutenções no lar, ganhar dinheiro e liderar a família seriam tradicionalmente tarefas masculinas. Conceitos que, a cada, dia têm sido desconstruídos (ainda bem!).

A partir do momento em que se tornam mães, as mulheres passam a ter horários de chegada e saída no trabalho mais rígidos, pois normalmente se adequam à rotina das crianças. Além disso, a possibilidade para viagens se reduz e a disponibilidade para levar trabalho para casa também.

Todas essas mudanças podem ser interpretadas pela chefia e pela equipe como motivos para queda no rendimento profissional, justificando uma estagnação na carreira e dificultando uma promoção.

E como se não bastasse, a lei brasileira contribui para que a obrigação de cuidar da criança não seja compartilhada, já que a licença paternidade é somente de vinte dias.

 

 

Como conciliar a maternidade e a carreira na área da saúde

Algumas dicas para conciliar a carreira e a maternidade

Mesmo com todas as adversidades que as mães podem encontrar no mercado de trabalho, muitas delas que decidem conciliar a carreira com a maternidade acabam vencendo os obstáculos conseguindo manter sua produtividade mesmo com a responsabilidade de educar e cuidar de seus filhos em tempo integral. Essas mulheres, que são exemplo de conduta de trabalho, sabem equilibrar perfeitamente a vida pessoal e profissional.

Nós da SVianet conhecemos bem o cotidiano de várias clínicas e consultório em todo o Brasil, e também sabemos que os desafios de gestão podem se tornar grandes oportunidades de sucesso.

Em homenagem às mães – e a todas as mulheres – que se esforçam diariamente para otimizar seu serviço, seja cuidando de seus filhos ou atendendo aos seus pacientes, nós preparamos algumas dicas importantes para quem deseja conciliar a maternidade e a carreira na área da saúde:

 

 

Como conciliar a maternidade e a carreira na área da saúde

Projete o seu futuro – e o futuro de seu filho.

Educação é um trabalho de uma vida inteira. Você dificilmente vai “tirar férias” do cargo de mãe, e esse trabalho levará anos para ser concluído.

Conseguir projetar o seu futuro e o futuro de suas crianças é a dica mais importante para as mães de primeira viagem. Trabalhar focada em dar aos seus filhos um futuro melhor e mais estável é uma ótima forma de se motivar quando você tem que deixar o pequeno em casa para cumprir seu expediente.

A medida que o tempo passa, as crianças vão precisando de atenção em aspectos diferentes de suas vidas. Planejar sua renda para o investimento na educação, ou programar uma viagem de final de ano para um lugar especial são boas maneiras de estar presente na criação de seus filhos a longo prazo.

Se no começo dessa experiência o aperto no coração for grande, lembre-se que conciliar a carreira e a maternidade é mais difícil para as mães do que para os filhos. Muitas vezes nós subestimamos a capacidade de adaptação dos pequenos.

 

Lute por seus direitos.

A visibilidade da luta dos direitos das mulheres no mercado de trabalho tem aumentado significativamente nos últimos anos, mas para caminharmos rumo a igualdade plena entre mães e pais, principalmente em relação às trajetórias e decisões em suas carreiras, serão necessárias grandes mudanças que só serão possíveis se todas as mulheres lutarem juntas por seus direitos.

A legislação trabalhista brasileira vem passando por mudanças drásticas com a nova reforma que entrou em vigor em novembro de 2017, que além de realizar alterações que dizem explicitamente respeito a mulheres gestantes ou com filhos pequenos, tende a prejudicar de forma mais intensa aqueles em pior posição no mercado de trabalho e com menos condições de negociar com os patrões.

Um dos pontos da reforma que ainda precisa ser implementado via medida provisória atinge precisamente as mães: O governo pretende permitir que gestantes e lactantes trabalhem em locais de insalubridade, como hospitais, se houver autorização de um médico, mesmo havendo uma lei de 2016 veta o trabalho de gestantes e lactantes nesse tipo de situação.

As mães e mulheres que pretendem abraçar a maternidade devem exigir mais políticas públicas para a família, uma maior desconstrução cultural das expectativas sociais relacionadas aos gêneros e uma nova divisão das tarefas domésticas entre as pessoas que habitam a casa, não mais somente entre as figuras femininas.

 

Fique atenta ao seu ambiente de trabalho.

O ambiente de trabalho pode ser um grande influenciador no equilíbrio entre vida pessoal e vida profissional.

As mulheres geralmente são as principais cuidadoras de crianças e idosos na maioria dos países, e um estabelecimento que não oferece as devidas condições de flexibilidade e compreensão às profissionais que precisam estar conectadas com a sua casa o tempo todo podem não ser o melhor lugar para construir uma carreira.

Um bom ambiente de trabalho deve garantir opções de cuidado infantil favoráveis,  ininterruptas e adequadas. É papel da gestão da clínica desenvolver diretrizes sobre a implementação de políticas de equilíbrio da vida profissional, e atitudes como oferecer  mentoria para mulheres que passam por uma transição tão importante como a maternidade são alavancas importantes para garantir uma progressão sustentada na carreira em direção à administração.

As empresas também devem se preocupar com a maternidade além das mulheres e oferecem licença parental, horário de trabalho flexível e outro equilíbrio entre vida profissional e pessoal para que os homens possam dividir com suas parceiras a responsabilidade dos cuidados de uma criança.

Saiba mais sobre os desafios e soluções de gestão para clínicas.

 

 

Como conciliar a maternidade e a carreira na área da saúde

Conte com a tecnologia.

A medida que a tecnologia avança, se integrando em diversas indústrias e áreas de atuação, ela afeta os trabalhadores e a dinâmica de lacuna entre os gêneros de várias maneiras.

Felizmente, muitos dos impulsionadores atuais esperados da tecnologia têm o potencial de permitir o estreitamento das lacunas de gênero na indústria.

Em nossas casas, o trabalho doméstico pode ser ainda mais automatizado, aliviando algumas das atuais dificuldades que as mulheres enfrentam e permitindo que utilizem suas habilidades na economia formal, trabalhando fora de casa e contando com recursos mais sofisticados de gestão doméstica.

No ambiente profissional não é diferente, uma vez que os consultórios estão adotando cada vez mais formas de automatização de atendimento e gestão.

Com o implemento de software de gestão em clínicas as funções de atendimento ficam mais objetivas, permitindo que o tempo de trabalho seja melhor aproveitado pelas mães.

Esse avanço tecnológico acaba evitando que elas tenham problemas de produtividade por conta de horários limitados ou por se verem muito atarefadas com obrigações da maternidade.

Entenda por que é tão importante ter um software para sua clínica.

 

Tenha mais flexibilidade.

Programar e organizar cada passo, na medida do possível, é um caminho adotado pelas mulheres que querem continuar a trabalhar e não abrem mão de serem mães.

Em muitos casos de profissionais que vivem a maternidade, as suas agendas são suas maiores aliadas. Quando se tem um cargo integral de mãe, onde emergências e mudanças na rotina podem ser tão comum quanto na carreira médica, conseguir ter flexibilidade para administrar sua agenda é fundamental.

As mães precisam ter o dobro de atenção aos seus compromissos e obrigações, e na hora de se organizar, um software que tenha recursos práticos de agenda pode ser um diferencial.

Com o SVianet, as mães podem contar com uma agenda online para organizar seus atendimentos, e os recursos de comunicação com seus pacientes podem evitar faltas indesejadas.

O software da SVianet também possibilita o auto-agendamento online,  recurso indispensável para quem precisa de mais praticidade na hora de organizar o seu dia-a-dia.

Confira 6 dicas infalíveis para gerenciar a agenda de pacientes


 

E você? Já passou por alguma situação durante a maternidade que colocou sua carreira a prova? Tem alguma dica para dar às mães de primeira viagem ou tem alguma dúvida sobre como equilibrar a vida pessoal e profissional? Deixe seu comentário aqui em baixo.

Entre em contato conosco para saber como nossas soluções podem otimizar a gestão de seu consultório e te ajudar a conciliar a maternidade com a carreira na saúde. Faça um teste grátis.