O desenvolvimento e aplicação da tecnologia na medicina tem gerado inúmeros benefícios para as sociedades, como o aumento da segurança para médico e paciente, até a maior eficiência e agilidade dos processos nas unidades de saúde. Desde o início da história da humanidade, a saúde do ser humano é alvo de estudos e pesquisas.

Ter a consciência de que as tecnologias estão aí para auxiliar e melhorar o trabalho, como trazer eficácia e eficiência em todo o processo é de suma importância para o melhor crescimento do seu empreendimento, consultórios e clínicas. Por este motivo, é importante que o médico esteja antenado ao que o mercado está oferecendo.

Para um gestor, é um dever estar atento às novidades tecnológicas, principalmente para quem quer ser o diferencial em relação aos demais concorrentes. Por isso, o Saúde Vianet, apresenta 5 tendências de ferramentas e processos que trazem benefícios na medicina e que podem ser usadas em seu consultório, clínica ou centro médico. Vamos conferir.

1. Realidade Virtual

Para muitas pessoas, a Realidade Virtual ainda é coisa de filme ou um item para fazer com que os games gerem mais adrenalina. No entanto, na medicina isso já se trata de uma realidade e tem se mostrado uma ferramenta poderosa no auxílio à medicina.

Para entender melhor, a Realidade Virtual é a criação de um ambiente digital. Através de dispositivos eletrônicos e recursos visuais, táteis e auditivos, é possível inserir uma pessoa neste ambiente para possibilitar que ela experiencie determinada situação, criada para este meio.

Partindo da ideia de poder viver uma experiência com a Realidade Virtual, com essa ferramenta já é possível fazer o treinamento de médicos, que podem fazer cirurgia, sem riscos a um paciente real, tratamento de fobias, transtorno de estresse pós-traumático e desenvolvimento da cognição social.

2. Telemedicina

A Telemedicina é outra ferramenta, que tem se destacado nos últimos tempos, por causa da pandemia do covid-19, pois por meio dessa modalidade médica é possível realizar consultas, prescrever e agilizar tratamentos, que podem ser feitos a distâncias.

No Brasil, até o 2020, a Telemedicina era utilizada para assistência, educação e pesquisa em saúde. Por causa da pandemia do Coronavírus, a Telemedicina ganhou mais espaços de atuação, já que foi liberada temporariamente no Senado para tentar conter os avanços da doença. E como tem sido uma grande aliada nos atendimentos médicos, provavelmente vai permanecer durante um longo tempo.

Vale ressaltar, que a Telemedicina é uma ferramenta que ajuda na diminuição do tempo de espera e possibilita evitar aglomerações em hospitais que, além de tomar tempo, pode causar o contágio por patógenos (vírus e bactérias). Outro detalhe importante é que com essa modalidade médica, é possível que cuidados médicos especializados cheguem em localidades onde, até então, não chegavam.

 

3. Internet of Things – IoT na medicina

Outra tecnologia na medicina, que tem se tornado comum na vida dos médicos e dos pacientes, é a Internet das Coisas (Internet of Things – IoT). O termo se refere a conexão que objetos cotidianos passam a ter com a internet, obtendo e transmitindo dados.

Essa tecnologia na medicina atua a partir da integração digital de dispositivos médicos de maneira que haja uma troca de informações sobre os pacientes e suas doenças, que são repassadas ao médico.

Um exemplo é o marcapasso inteligente, como também os wearables (como os smartwatch), que são dispositivos que coletam, armazenam e enviam informações em tempo real sobre as condições de saúde do indivíduo à distância, possibilitando que o profissional acompanhe e possa intervir quando necessário.

 

4. Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP)

Outro destaque de tecnologia usada na medicina, é o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP). Uma ferramenta digital que tem como objetivo fazer o registro e armazenamento do histórico de saúde e de outras informações do paciente.

As informações que devem constar no PEP do paciente são: a identificação, a anamnese que é a entrevista básica feita com o paciente, as hipóteses de diagnóstico, o diagnóstico final e os tratamentos realizados.

A utilização do PEP possibilita otimizar o agendamento de consultas, economizar o tempo e melhorar a qualidade e a agilidade do atendimento, melhorando assim, a satisfação do paciente.

Outro grande benefício em poder contar com o PEP é que o sistema possibilita a integração entre todas as áreas de uma clínica ou consultório. Por meio dele, você consegue acessar as informações do histórico de saúde do seu paciente e acrescentar novas informações, evitando o uso de prontuários físicos que podem se perder ou serem danificados, além de evitar desperdícios com papéis e o uso do armazenamento físico.

 

5. Gestão e Marketing na medicina

Outros avanços trazidos por tecnologias e metodologias para a medicina aconteceram nas áreas de gestão e marketing. Para uma excelente gestão do seu empreendimento, atualmente existem diversas ferramentas de gestão para clínicas médicas e essas ferramentas vão desde a gestão financeira até a gestão de tarefas.

É importante para todo médico que quer empreender ou que já tem seu empreendimento, saber otimizar todo o funcionamento do seu estabelecimento. Com os softwares de gestão médica, como o Saúde Vianet, é possível ter um melhor desempenho e se destacar dentre os demais, pois eles garantem um melhor gerenciamento desde o atendimento, até o relacionamento com seus pacientes.

 

Conheça mais do Saúde Vianet.

Baixe nosso App agora! (Aplicativo disponível para Android e IOS).

 

Saiba mais:

Saiba quais são os benefícios de utilizar um software de gestão médica.

Como fidelizar pacientes: 5 estratégias simples e importantes para o seu negócio.

O que devo saber antes de obter um bom sistema de gestão de clínicas?

Conheça quais são os benefícios de usar o Marketing Médico.