O Prontuário do paciente é uma ferramenta bastante utilizada nos consultórios médicos. Sua função, como o próprio nome já diz, é guardar informações que devem estar à mão, prontas a qualquer momento. A ideia do prontuário médico é salvar o histórico médico do paciente em ordem cronológica, refletindo exatamente o curso do tratamento e indicando as possíveis causas da doença.

A resolução CFM 1638/ 2002 define o prontuário do paciente como “documento único constituído de um conjunto de informações, sinais e imagens registradas, geradas a partir de fatos, acontecimentos e situações sobre a saúde do paciente e a assistência a ele prestada, de caráter legal, sigiloso e científico, que possibilita a comunicação entre membros da equipe multiprofissional e a continuidade da assistência prestada ao indivíduo“.

Veja como o prontuário eletrônico auxilia na segurança dos dados da sua clínica.

Mas além de constituir um verdadeiro dossiê, que tanto serve para a análise da evolução da doença, como para fins estatísticos, o prontuário do paciente pode trazer algumas vantagens para a gestão do seu consultório médico.

Diminuição de riscos para seus pacientes.

O prontuário do paciente auxilia na melhoria das recomendações de infecção hospitalar, corrigindo eventuais problemas e indicando a terapia mais adequada para o processo de infecção. Quando o prontuário médico é bem implementado, as informações são disponibilizadas automaticamente na tela do seu software de gestão, indicando pacientes suspeitos de infecção. Assim, o especialista pode interagir com o sistema, fazendo uma auditoria da prescrição e sugerindo ao médico assistente os medicamentos
mais adequados.

Diminuição de custos no seu consultório médico.

A organização de custos é importante para o aumento do faturamento da sua clínica, e o prontuário do paciente possibilita desde a redução do desperdício de medicamentos que seriam prescritos de forma redundante, até a diminuição do uso de materiais de escritório, como papel, impressão e pastas. Dessa forma, a implementação do prontuário do paciente no seu consultório médico reduz significativamente os custos da sua clínica por atendimento, aumentando seu lucro.

Veja como o prontuário do paciente pode ser usado como ferramenta competitiva.

Mais produtividade e trabalho conjunto com o prontuário do paciente.

Como o objetivo final do uso do prontuário eletrônico é a centralização das informações, os profissionais do seu consultório médico perdem menos tempo na busca de informações do paciente. Com o histórico de atendimento e todas as fichas clínicas reunidas em um só lugar, o atendimento passa a ser mais produtivo e a equipe tem mais facilidade em partilhar informações sobre os pacientes.

Redução de glosas.

Glosas são recusas no pagamento das cobranças de consultas efetuadas por convênios de saúde. A maior parte das glosas acontece por erros comuns na fase pré-analítica, no agendamento e atendimento ao paciente. Com o prontuário do paciente, as informações sobre os procedimentos cobertos (ou não) por um determinado plano de saúde são vistas de forma automática e em tempo real. A solicitação para exames, por exemplo, não fica parada na área de autorização e é possível saber todas as regras de coberturas dos convênios/planos e, assim, identificar qualquer possível desvio.

Veja o infográfico sobre faturamentos de convênios e entenda a importância do TISS para sua clínica.

 


 

 

Fonte: PRONTUÁRIO DO PACIENTE “tempo de guarda” Vanderlei Soares Moya