Imposto de Renda para clínicas é sempre um assunto bastante comentado na área de saúde no período do ano em que a Receita Federal designa para que sejam feitas as declarações. Este ano, começou em 07 de Março e vai até 30 de Abril.

Muito da tensão sobre o assunto se dá por conta da aura um tanto nebulosa em torno das regras tributárias para cada tipo de negócio. Além disso, os profissionais da contabilidade costumam tratar do tema numa linguagem técnica, tornando a discussão mais hermética e distante para quem não é da área.

Com isso, quem faz questão de estar em dias com as suas obrigações, está sempre buscando se informar, para evitar qualquer tipo de dor de cabeça.Por isso, preparamos alguns links que podem te ajudar a entender melhor os tópicos mais importantes sobre o assunto. São links com informações que esclarecem tanto as dúvidas mais básicas e de uma maneira geral (inclusive para pessoa física), quanto em níveis mais aprofundados e específicos da área de saúde:

Dicas para declarar imposto de renda para clínicas em 2019:

Para garantir que tudo saia corretamente na declaração da sua clínica, é importante que o seu software de gestão para clínicas esteja preparado para emitir alguns documentos importantes, como por exemplo, os que identificam os pacientes que realizaram pagamentos à sua clínica.

As informações dos pagamentos recebidos por pessoas jurídicas prestadoras de serviços de saúde e operadoras de planos privados de assistência à saúde deverão ser encaminhadas à fiscalização por meio da Declaração de Serviços Médicos (DEMED).

O Saúde Vianet, por exemplo, fornece este relatório essencial para a declaração do IR, que informa o valor detalhado que cada paciente pagou no ano-base a ser declarado. Com isso, em alguns cliques você reúne os dados necessários para a sua declaração de maneira precisa, segura e confiável.

Esses links ajudaram? Se gostaria de saber mais sobre algum assunto específico, fala com a gente, para compartilharmos conteúdos cada vez mais úteis!