Gestão de indicadores em clínicas.

Softwares odontológicos, como a otimização ajuda nos tratamentos

Softwares odontológicos, como a otimização ajuda nos tratamentos

A tecnologia permite o aparecimento de variadas ferramentas que otimizam o tempo e garantem um gerenciamento de negócios mais eficiente e seguro. No setor da saúde bucal, os softwares odontológicos são a novidade.

Apesar de muitas ferramentas estarem nas clínicas há um bom tempo, como a internet, configuração em nuvem e outras funcionalidades, estes sistemas permitiram que os dentistas marcassem procedimentos como clareamento consultorio de maneira ainda mais rápida e otimizada – aliando esses aportes.

No presente artigo abordaremos sobre a importância do uso de softwares odontológicos nas clínicas, quais são os mais utilizados pelos dentistas e como o uso deles no cotidiano pode impactar no número de clientes.

A importância dos softwares odontológicos

Integração, otimização, rapidez e qualidade no atendimento são imprescindíveis para que as clínicas odontológicas garantam um maior número de pacientes para os seus serviços, seja para fazer clareamento dental com moldeira ou para a colocação de aparelhos ortodônticos.

Uma forma de conseguir isso é sabendo lidar melhor com seu consultório, os serviços e materiais disponíveis e conhecer o público. Portanto, centralizar as informações é necessário, e para isso são usados o que chamamos de softwares odontológicos.

Esses sistemas permitem que as clínicas sejam melhor gerenciadas, além de garantir que a rotina do dentista seja mais qualificada e mais produtiva.

Abaixo falaremos sobre pontos que esses sistemas oferecem e que demonstram sua importância.

1.    Permite maior controle financeiro

Dependendo da cobertura de software que for contratada, há funcionalidades administrativas bastante úteis no dia a dia de um consultório, entre as quais podemos citar:

  • Controle financeiro;
  • Cadastros;
  • Prontuários;
  • Relatórios.

O controle financeiro é o principal benefício, já que por meio dele é possível identificar os inadimplentes, valores pagos e em caixa, os gastos, os lucros, dentre outros aspectos, o que possibilita a criação de novas estratégias.

2.    Análise de dados para tomada de decisões

Por centralizar a maior parte das informações necessárias para o funcionamento da clínica e os seus procedimentos, o dentista e sua equipe administrativa possuem todos os dados necessários para que ações estratégicas e até de captação sejam tomadas da melhor maneira.

Assim, os dentistas podem trabalhar em melhorias, fazer correções e até mesmo agregar novos serviços para que o escopo de clientes aumente, como uma maior adesão a procedimentos estéticos como a colocação de lente de contato dental.

Com a organização das agendas e do financeiro, por exemplo, a clínica se consolida e se torna referência para o público. Portanto, indiretamente, a melhoria da gestão atinge a quantidade de orçamento e serviços feitos.

No tópico abaixo abordaremos sobre como escolher o melhor software odontológico.

Como escolher o melhor sistema odontológico

São muitos os sistemas de computador para consultórios odontológicos presentes no mercado, sendo que cada um é adequado à necessidade de um dentista e clínica.

Hoje em dia, grande parte desses sistemas permitem o acesso por dispositivos móveis, como tablet, computador ou smartphones. Inclusive, com tanta opção de produto no mercado, pode se tornar difícil escolher um.

Por isso que neste tópico abordaremos sobre como fazer a escolha do melhor sistema para a clínica, de modo que possa atender do agendamento de consultas e procedimentos de colocação de aparelho dental transparente até operações mais complexas e administrativas.

1.    Busque um sistema online

Por conta da facilidade, é possível ter um sistema totalmente online que não precisa ser instalado nas máquinas da sua clínica, bastando ter acesso à internet e facilitando todo o gerenciamento.

Isso permite que a clínica seja mais dinâmica e a rotina mais ágil.

Além disso, os softwares online possuem backup automático, evitando a perda de dados e reduzindo a necessidade de arquivos (tanto físicos quanto o alto armazenamento digital).

2.    Busque softwares exclusivos

Um ponto para a escolha adequada é optar por um software desenvolvido para o ambiente clínico, sob medida.

Isso é importante por evitar que sistemas relacionados sejam comprados e que podem não atender as expectativas e especificidades do local.

Softwares mais usados

No presente tópico abordaremos dois dos softwares mais usados nas clínicas odontológicas.

1.    Simples dental

O valor desta ferramenta é acessível e não há limite para a quantidade de profissionais e clientes que podem ser cadastrados.

O software também garante o envio de até 100 SMS por mês, podendo aumentar com pacotes extras que podem ser agregados ao plano.

Ele ainda permite o controle financeiro, de estoque, emissão de orçamento, receituário, atestado, emissão de notas e uso vinculado à maquininha de cartão de crédito.

2.    Controle odonto

Sua implantação é gratuita e possui variadas coberturas. Os pacotes de SMS devem ser comprados à parte e permitem diversas funcionalidades semelhantes ao Simples Dental, como o controle financeiro e de estoque, além da emissão de receitas.

Deste modo, vimos que a implementação da tecnologia é fundamental para clínicas que querem se destacar no mercado e agregar valor à experiência do paciente, conquistando novas carteiras.

3.    Saúdevianet

O sistema possui 15 dias gratuitos e garantia de 30 dias de uso, permitindo a gestão completa da clínica, com destaque para o módulo de marketing, onde você poderá programar mensagens automáticas de lembrete para retorno do paciente de forma totalmente customizada.

Recursos como lembretes e campanhas de marketing são ideais para clínicas odontológicas que possuem pacientes com retornos frequentes para acompanhamento de sua saúde bucal, como é o caso da ortodontia.

 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Vue Odonto, uma rede especializada em atendimento odontológico com enfoque na humanização.